É possível o altruísmo entre animais?

Photo of É possível o altruísmo entre animais?
Facebook
VKontakte
share_fav

A natureza das mães é espantosa. Sua devoção desata a espiral da vida a ponto de, em certas ocasiões, se suicidarem em prol de seus descendentes. A fêmea do polvo Graneledone boreopacifica protege seus ovos durante 53 meses –o mais longo período de incubação já registrado. Quanto mais tempo, mais os embriões se desenvolvem. Aumentando de tamanho, a probabilidade de serem depredados no oceano diminui. Assim que os ovos se rompem, a mãe morre, exausta. Outras mães dão até um passo adiante: se deixam devorar. A aranha da espécie Diaea ergandros alimenta seus filhotes com ovos não fertilizados e com sua própria carne. Os canibais matricidas ficam maiores e mais fortes. Pelos filhos, as mães matam e se deixam matar.

ver El País
#fauna
#biologia
#ciências naturais
#comportamento animal
#espécies