A fraude jornalística de IstoÉ para insinuar que PT ameaça vida de delatores

Facebook
VKontakte
share_fav

Categoria:

Mídia
Cíntia Alves

Revista manipulou uma decisão de Sergio Moro para fazer parecer que o juiz manteve Léo Pinheiro (ex-OAS) preso a pedido da defesa, que teme que ele "termine como Celso Daniel", ou seja, assassinado por "motivações políticas". Despacho de Moro, na verdade, era resposta a pedido da Polícia Federal para transferir Pinheiro de prisão

Jornal GGN - A revista IstoÉ manipulou uma decisão assinada por Sergio Moro para dar alguma legitimidade à reportagem "Lava Jato: delatores ameaçados". Publicado no último dia 25, o texto insinua que réus colaboradores têm mudado seus depoimentos perante o juiz e membros da força-tarefa porque estão sendo ameaçados por forças obscuras que beneficiariam investigados ligados ao PT, entre eles o ex-presidente Lula.

Diz a reportagem que "delatores sofrem ameaças de terem suas vidas e a de seus parentes ceifadas. Aterrorizados, alguns se viram obrigados a mentir em depoimentos à Justiça. Depois, mudaram suas versões".

leia mais

ver Blog do Luis Nassif
#luis nassif online
#mídia
#cíntia alves
#istoé
#delatores
#manipulação