Venda da Liquigás deve ter restrições, diz diretor da ANP

Facebook
VKontakte
share_fav

Categoria:

Petróleo e Gás

Jornal GGN - De acordo com Aurélio Amaral, diretor da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), a aprovação da venda da Liquigás para o grupo Ultra deverá ter “algum tipo de restrição” no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

A Petrobras negociou sua subsidiária por R$ 2,8 bilhões, e, com a venda, a Ultragaz deve dobrar sua participação no merrcado, saindo de 23,82% para 45%.

A ANP vai assessorar o Cade sobre a situação da concorrência no mercaod de gás liquefeito de petróleo (GLP). "Algum tipo de restrição vai haver, porque há partes do mercado onde a participação conjunta [Liquigás e Ultragaz] chega a 60%”, disse Amaral.

leia mais

ver Blog do Luis Nassif
#luis nassif online
#destaque principal
#petróleo e gás
#sala
#glp
#liquigás
#ultragaz