Conheça os “hacks” de Watch Dogs 2 que existem no mundo real

Photo of Conheça os “hacks” de Watch Dogs 2 que existem no mundo real
Facebook
VKontakte
share_fav

Computadores, smartphones, drones, carros, máquinas de refrigerante, sistemas de energia elétrica e sua conta do Facebook. O que essas coisas tem em comum? Todas podem ser hackeadas. E o pior de tudo: sem você perceber.

Com este conceito em mente, a Ubisoft desenvolveu Watch Dogs 2, game lançado na última terça-feira (15). A sequência do sucesso de 2014 mostra exatamente como estes tipos de “hacks” podem tornar sua realidade muito mais manipulável — e, dependendo do caso, mais divertida.

Assim, trazendo o universo do jogo e a nova visão de nosso mundo mais próximos de você, mostramos como a maioria destes “acessos ilegais” existe e a maneira mais fácil de fazê-los.

Drones

drone-hack-cultura-comportamento

Como funciona

Os alunos da Johns Hopkins University (em Baltimore, nos EUA) provaram que é possível hackear um drone facilmente: dos três jeitos testados, as “invasões” resultaram na aterrissagem do aparelho ou queda imediata. Ou seja, em teoria você poderia desligar um destes caros produtos assim que eles estiverem pairando sobre você.

Conforme explicado por Lanier A. Watkins, membro supervisor da pesquisa, “o valor do nosso trabalho é mostrar que a tecnologia destes drones é vulnerável a ataques de hackers”.

É fácil fazer?

Em um dos ataques, os estudantes enviaram cerca de 1,000 sinais de internet sem fio, em rápida sucessão, na tentativa de controlar o aparelho. A sobrecarga causou desligamento da unidade de processamento, resultando na queda do drone. Em teoria esta é uma das maneiras mais eficazes de derrubá-lo.

Porém, a forma mais fácil — e a mais “segura” — é, de acordo com a pesquisa, enviar um pacote digital falso ao controlador do veículo (em terra), comunicando que o sistema de envio era, supostamente, o próprio drone. Assim, eventualmente, o sinal direto com o aparelho foi cortado e o drone fez um pouso de emergência.

Em resumo, se você souber muito bem como o sistema de controle funciona, pode tentar a sorte e hackear o próximo que vir pela rua.

Carros

carros-cultura

Como funciona

É um fato: não importa o quão ultrapassado seja o modelo do seu carro, há uma “placa mãe” que comanda tudo, desde a ignição ao próprio sistema de controle do painel (limpador de para-brisa, faróis, sistema de som, etc.). Este computador é controlado pelo usuário, que por sua vez não comanda diretamente o carro, mas envia um sinal ao computador para que o mesmo faça seu desejo.

Então é como se existisse uma conexão de internet própria para cada carro que estiver na rua. Todas as peças controladas pelo computador comunicam-se entre si e estão sempre dispostas a receber um novo estímulo da placa eletrônica.

É fácil fazer?

Bem, diferente do game, onde você controla tudo pelo celular, dessa vez o trabalho todo pode ser feito com um notebook ligeiramente modificado. Por meio do sinal GSM (que possibilita a “conversa” entre seu celular e uma rede de telefonia), como mostrado neste vídeo , é possível matar o motor em segundos.

Além disso, o mais assustador é que o sinal pode ser enviado de um computador a quilômetros de distância, já que a conexão é via GSM — e funciona em quase todo lugar, desde que o controlador esteja próximo a uma torre de comunicação.

Como no jogo, você pode destravar o carro, ligar ou desligar os faróis, os controles do painel ou, principalmente, a ignição.

Sinais de trânsito

trânsito-carros-comportamento

Como funciona

Inspirado no filme Duro de Matar, o argentino Cesar Cerrudo (pesquisador de segurança argentino da IoActive) contou ao Daily Mail como esse hack é aplicável.

“Explorando as vulnerabilidades que encontrei, alguém poderia causar trânsito e problemas em cruzamentos, avenidas, estradas, etc. (…) é possível fazer com que sinais eletrônicos mostrem limites de velocidade incorretos e instruções para fazer com que os carros viagem em menor ou maior velocidade. (…) Estes problemas no trânsito podem resultar em grandes problemas, causando acidentes ou bloqueando ambulâncias, bombeiros, ou carros de polícia em busca alguma emergência.”

É fácil de fazer?

Cerrudo explica brevemente seus atos neste vídeo , mas, na prática, tudo o que você precisa é do equipamento abaixo conectado ao seu laptop:

hack-computador-cultura-comportamento

ver VIP
#xbox one
#videogame
#playstation 4