Após derrota, Paraguai busca reação na altitude contra a Bolívia

Photo of Após derrota, Paraguai busca reação na altitude contra a Bolívia
Facebook
VKontakte
share_fav

Paraguai precisa vencer para não se distanciar do G4 das Eliminatórias (Foto: Norberto Duarte/AFP)

Ainda tentando se recuperar da goleada de 4 a 1 sofrida em casa para o Peru, o Paraguai busca a reação nesta terça-feira, às 18h(de Brasília), quando vai visitar a Bolívia no Estádio Hernando Siles, em La Paz, em uma altitude de 3.600 metros. O duelo é válido pela 12ª rodada das Eliminatórias sul-americanas, que será disputada na Rússia.

Na sétima posição, com 15 pontos, os paraguaios precisam vencer para não se afastarem das chances de classificação, algo que os bolivianos, na lanterna com quatro pontos, não alimentam mais. O time da casa, inclusive, vem de uma humilhante goleada de 5 a 0 sofrida para a Venezuela.

Francisco Arce, técnico do Paraguai, está tendo seu trabalho questionado e procurou não gravar entrevistas muito longas. Os jogadores também estão evitando o contato com a imprensa e a federação do país chegou a publicar um comunicado se desculpando com os torcedores pelo fiasco contra o Peru.

Conforme esperado o Paraguai sofrerá mudanças. O goleiro Tony Silva assume a vaga de Diego Barreto, seguindo a política de Arce de fazer rodízio no setor. Os volantes Rodrigo Rojas e Cristian Riveros, suspensos por acúmulo de cartões amarelos, serão substituídos por Néstor Ortigoza e Marcos Riveros. Cortado por lesão na coxa direita, o atacante Federico Santander cede seu posto a Nelson Haedo Valdez.

Pelo lado da Bolívia, o técnico Ángel Guillermo Hoyos apela para a dignidade de seus atletas. “Temos que jogar pela camisa da Bolívia e pelo respeito que temos ao nosso povo. A classificação não é mais possível, mas precisamos terminar a competição de forma digna”, disse Hoyos.

A Bolívia tem problemas para este jogo. O volante Rodrigo Ramallo, suspenso por acúmulo de cartões amarelos, e o atacante Marcelo Moreno, com lesão na coxa direita, ficam de fora. Assim, Alejandro Chumacero entra no meio e Rodrigo Vargas jogará no ataque.

Pelo regulamento os times se enfrentam em turno e returno e ao fim os quatro primeiros colocados garantem uma vaga na próxima Copa do Mundo. O quinto na tabela terá uma oportunidade extra, na repescagem, diante do campeão das Eliminatórias na Oceania.

FICHA TÉCNICA
BOLÍVIA X PARAGUAI

Local: Estádio Hernando Siles, em La Paz (Bolívia)
Data:
15 de novembro de 2016, terça-feira
Horário:
18h(de Brasília)
Árbitro:
Christian Ferreyra (Uruguai)
Assistentes:
Mauricio Espinosa (Uruguai) e Gabriel Popovits (Uruguai)

BOLÍVIA: Daniel Vaca, Ramiro Ballivián, Ronald Raldes, Gabriel Valverde e Jorge Enrique Flores; Walter Veizaga, Alejandro Chumacero, Erwin Saavedra e Juan Carlos Arce; Yasmani Duck e Rodrigo Vargas
Técnico:
Ángel Guillermo Hoyos

PARAGUAI: Tony Silva, Juan Patiño, Darío Verón, Paulo da Silva e Junior Alonso; Néstor Ortigoza, Marcos Riveros, Derlis González e Òscar Romero; Ángel Romero e Haedo Valdez
Técnico:
Francisco Arce

O post Após derrota, Paraguai busca reação na altitude contra a Bolívia apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

ver Gazeta Esportiva - Futebol internacional
#paraguai