Por que ocupam escolas e universidades?, por Urariano Mota

Facebook
VKontakte
share_fav

Categoria:

Artigos

por Urariano Mota

Como sempre, a televisão, a grande mídia, fala dos danos causados pelos protestos à sociedade. Essa informação é conhecida: em todo movimento ou greve, mostra-se o quanto a vida ficou ruim depois dos baderneiros e agitadores. Jamais se mencionam as razões que levam à desordem. Minto, mencionam, no cumprimento do papel de “mostrar o outro lado”. Mas pelo tempo exibido, pela ênfase e eloquência, o outro lado é mínimo frente aos estragos causados. Ensinava Brecht: "Do rio que tudo arrasta, diz-se que é violento. Mas ninguém chama violentas as margens que o comprimem".

Por que os estudantes ocupam escolas e universidades? Em busca de respostas, ouço depoimentos como o de uma jovem na UFPE:

“Estamos aqui em defesa da educação pública, gratuita e de qualidade, bandeira sob a qual já se unificam milhares de institutos, universidades e escolas secundaristas, das redes federal, estadual e municipal, nos tornando um único movimento de ocupação na educação pública nacional. A PEC 241 – agora PEC 55 – ataca os direitos sociais duramente conquistados, desmonta o já precário estado de bem-estar social, impondo um regime de congelamento orçamentário da União por 20 anos”.

leia mais

ver Blog do Luis Nassif
#luis nassif online
#escolas ocupadas
#universidades
#área do colunista
#mídia
#jovens
#escolas
#crítica à imprensa