Cairo ao tempo da Segunda Guerra, por André Araújo

Facebook
VKontakte
share_fav

Categoria:

História

Oficiais britânicos no terraço do legendário Shepheard Hotel.

Cairo ao tempo da Segunda Guerra

por André Araújo

Enquanto se desenrolava a luta no front da Libia contra tropas italianas do Marechal Graziani e alemãs do General Rommel, a vida social no Cairo era vibrante, cabarés de luxo a pleno vapor, festas nos 300 palácios da aristocracia rural em Zamalek e Heliópolis, 15 hotéis luxuosos ocupados pela oficialidade, chás das cincos, romances, alta gastronomia no Groppi, restaurante suiço com o melhor cocktail de camarão do Canal. Apesar da guerra não faltava whisky, champagne francesa, cava espanhola, vinhos hungaros, cocotes francesas, caviar russo, anchovas portuguesas. Lutava-se no front, depois descanso no Cairo ou em Alexandria. Em 1942 começaram a chegar os americanos, vindos de avião pelo centro da Africa via Freetown, Fort Lamy e Cartoum, a partir de voos transatlanticos partindo da Flórida com escala em Recife.

Artemis Cooper, escreveu um clássico CAIRO IN TIMES OF WAR descrevendo esse período único na capital egípcia, a vida social intensa cujos epicentros eram a Embaixada Britânica e o Palácio Abdine onde reinava Farouk e sua numerosa corte, neutro na guerra que se desenrolava em seu território que não era sua.

leia mais

ver Blog do Luis Nassif
#luis nassif online
#história
#área do colunista
#cairo
#segunda guerra