Fabricante de sapatos de Hong Kong, Lane Eight abraça sustentabilidade com materiais reciclados e veganos

Photo of Fabricante de sapatos de Hong Kong, Lane Eight abraça sustentabilidade com materiais reciclados e veganos
Facebook
VKontakte
share_fav

A principal mudança de materiais ocorre na sola do tênis

Com um pouco mais de um ano de existência, a marca Lane Eight, de Hong Kong, assumiu uma mudança abrangente para materiais sustentáveis, escolhendo materiais reciclados e baseados em plantas. A empresa foi iniciada pelos irmãos Josh e James Shorrock, veteranos da indústria de tênis.

“Desde que iniciamos esta marca sabíamos que queríamos abordar a ideia de sustentabilidade”, diz Josh. “Vamos em frente, estamos orgulhosos de dizer que estamos nos afastando de todos os materiais derivados de animais e estamos usando alternativas mais sustentáveis enquanto ainda garantimos que nossos sapatos se apresentem no mesmo nível”.

LEIA TAMBÉM: Grifes buscam sustentabilidade

A Lane Eight foi lançada em agosto de 2018 com o tênis Trainer AD 1, projetado como um calçado multiesportivo que pode também ser usado fora das quadras e pistas. O design original incluía camurças, plásticos e tricô não sustentáveis. As atualizações trazem fibras veganas e recicladas e plástico reciclado.

A mudança começa com o novo lançamento do AD 1 por US$ 95, destacando cores encontradas na natureza e nos novos materiais utilizados. A Lane Eight irá fazer a transição dos materiais e adicionará estilos de tênis em 2020. “A paleta de cores não é coincidência”, diz Josh, “inspirado pelas cores naturais do ambiente onde nossas algas são colhidas”.

Josh diz que eles colocaram um foco na melhora de seu produto. O AD 1 fit está mudando também. Eles sabem que parte desta mudança inclui a criação de um produto mais ecológico, mesmo que isso torne a criação de novos produtos mais desafiadora. “É um pouco mais complicado fazer um sapato mais ecológico do que desenvolver um sapato usando materiais e métodos de construção tradicionais”, diz. “Estamos finalmente em condições de poder re-desenvolver nosso Trainer AD 1 com novos materiais que minimizam nosso impacto no planeta.”

A primeira coisa a ser trocada, segundo Josh, foi a camurça, um coproduto da indústria da carne. A Lane Eight trocou-a por uma microfibra de mesma resistência à abrasão, mas em um peso mais leve, que é um fio de poliéster reciclado. O novo fio usa 11 garrafas plásticas recicladas para criar um par de sapatos Lane Eight. Em seguida, para a sola, os irmãos Shorrocks optaram pelo bloom, um material baseado em algas. O bloom já é conhecido na indústria por criar solas a partir de algas que apresentam riscos para os ecossistemas marinhos.

Encontrar os fornecedores certos, porém, traz alguns desafios. “Consistência é sempre essencial, mas muitas vezes difícil de alcançá-la”, disse Josh.” Transparência também é um dever. Às vezes, os fornecedores optam por um material recém-desenvolvido sem fornecer todos os detalhes do processo de fabricação.”

Enquanto a Lane Eight quer continuar no caminho da sustentabilidade, eles não querem perder seu desempenho ao longo do caminho. O bloom permitiu que eles criassem uma mistura que inclui as melhores propriedades de seu material anterior e do novo tricô superior, que “é tão bom quanto nosso tricô anterior”. A sola, segundo Josh, apresenta um “impulso” embutido como um pula-pula com um sentimento de pelúcia. Usando um revestimento de de ETPU com pellets, não muito diferente do design do Boost da Adidas, em uma configuração de comprimento total que permite que eles projetem estabilidade sem deixar de lado o conforto. Ela também inclui as paredes laterais TPU para estabilidade e rigidez e uma sola de borracha para tração em diversas atividades.

Como a Lane Eight quer aumentar sua presença no mercado no próximo ano, eles usarão uma abordagem sustentável para criar uma marca de tênis com uma pegada de carbono menor.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias

ver Forbes Brasil
#sustentabilidade
#hong kong
#marca
#vegano
#sapatos
#reciclado
#materiais
#negócios
#principal
#lane eight