Trump desistiu de sobretaxar aço e alumínio do Brasil, diz Bolsonaro

Facebook
VKontakte
share_fav

O presidente Jair Bolsonaro anunciou que conversou com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e disse que o norte-americano comprometeu-se a não sobretaxar o alumínio e aço do Brasil.

A declaração de Bolsonaro foi feita na tarde desta 6ª feira (20.dez.2019), em live no O ministro Ernesto Araújo (Relações Exteriores) e o assessor especial da Presidência da República, Filipe Martins, estavam ao lado do presidente durante o anúncio.

“Agora há pouco, então, tive a grata satisfação de receber 1 telefonema do senhor Donald Trump, presidente dos Estados Unidos. Uma conversa de aproximadamente 15 minutos, no espírito maior da cordialidade e respeito entre 2 chefes de Estado”, declarou.


“Dei meus argumentos para ele e ele se convenceu dos meus argumentos e decidiu dizer, a nós brasileiros, que nosso aço e alumínio não serão sobretaxados. Repito, não serão sobretaxados”, disse Bolsonaro.

Assista abaixo (4min50s):

Em 2 de dezembro, Trump anunciou que aumentaria as tarifas sobre a importação de aço e alumínio do Brasil. Afirmou que a medida foi uma resposta à recente valorização do dólar frente ao real, o que, segundo ele, não é bom para os produtores norte-americanos. O governo brasileiro negou influenciar na desvalorização do câmbio.

Na tarde desta 6ª, Trump comentou a conversa com Bolsonaro em seu perfil do Twitter. “Acabei de ter uma ótima ligação telefônica com o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro. Discutimos muitos assuntos, incluindo o comércio. O relacionamento entre os Estados Unidos e o Brasil nunca foi tão forte!”, afirmou o norte-americano.

Os EUA são os maiores compradores do aço brasileiro. Em 2018, foram US$ 3,6 bilhões em exportações (40% do total), de acordo com o anuário do Instituto Aço Brasil.

ver Blog do Fernando Rodrigues
#aço
#alumínio
#governo
#trump
#bolsonaro
#jair bolsonaro
#estados unidos
#brasil
#economia
#internacional
#donald trump