Recheado de garotos, São Paulo termina o ano com vitória sobre o CSA

Facebook
VKontakte
share_fav

Depois de um ano turbulento, o São Paulo terminou o ano com vitória. Pela última rodada do Campeonato Brasileiro, o Tricolor venceu o CSA por 2 a 1 no Rei Pelé. Com um time jovem, os comandados de Fernando Diniz balançaram as redes com Toró e Igor Vinícius.

Com o placar, o São Paulo termina a temporada com 63 pontos, na sexta colocação. Esta posição da direito à vaga direta para a fase e grupos da Libertadores, além de premiar o clube em R$ 24,7 milhões.

Já o CSA termina o Brasileirão na 18º posição com 32 pontos. Na zona de rebaixamento durante quase toda a competição, o time alagoano jogará a Série B em 2020.

O jogo

Embalados pela oportunidade, os garotos do São Paulo começaram o jogo a todo vapor e não demoraram para balançar as redes. Com menos de 15 minutos o placar já apontava 2 a 0 para o Tricolor.

Aos 10 minutos, Gabriel Sara tabelou com Helinho pelo meio e deu um bolão para Toró. O atacante ajeitou pelo lado esquerdo da área e bateu com categoria para abrir o placar.

Três minutos depois, Juan Santos recebeu livre dentro da área e finalizou para a defesa de Jordi. No rebote, Igor Vinícius dominou e bateu de canhota para ampliar a vantagem.

Em mais uma jogada coletiva das crias de Cotia, o São Paulo quase ampliou com Igor Gomes. O meia recebeu pela esquerda, levou para dentro e bateu firme, mas a bola explodiu no travessão e saiu pela linha de fundo.

Aos poucos, o CSA começou a construir suas jogadas ofensivas e era perigoso nas bolas paradas. Até que chegou ao seu gol depois de cobrança de escanteio aos 43 minutos. Ricardo Bueno desviou de cabeça e a bola pegou no travessão. Jarro Pedroso estava esperto no rebote e empurrou para as redes para diminuir.

No segundo tempo, logo nos primeiros minutos, o São Paulo se complicou na saída de bola e Helinho fez falta por trás em Jarro Pedroso. Com isso, o atacante tricolor levou o segundo amarelo e foi expulso.

Apesar da vantagem numérica, o time da casa não conseguiu aproveitar as chances criadas. O CSA tinha mais volume, mas não tinha qualidade nas finalizações. O São Paulo só foi perigoso na chegada de Gabriel Sara, aos 22, que parou nas mãos de Jordi.

FICHA TÉCNICA
CSA 1 X 2 SÃO PAULO

Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL)
Data: 8 de dezembro de 2019, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Alisson Sidnei Furtado (TO)
Assistentes: Fabio Pereira (TO) e Cipriano da Silva Sousa (TO)
VAR: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Cartões amarelos: Bustamante (CSA); Helinho, Gabriel Sara e Léo (São Paulo)
Cartões vermelhos: Helinho (São Paulo)

CSA: Jordi; Warley (Lucas Dias), Alan Costa, Luciano Castán e Rafinha; Nilton (Matheus Prado), Dawhan e Euller; Bustamante, Ricardo Bueno e Safira (Jarro Pedroso)
Técnico: Jacozinho

SÃO PAULO: Perri, Igor Vinícius, Walce, Luan e Léo; Liziero, Igor Gomes e Gabriel Sara; Helinho, Juan Santos (Diego Costa) e Toró (Danilo Gomes)
Técnico: Fernando Diniz

O post Recheado de garotos, São Paulo termina o ano com vitória sobre o CSA apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

ver Gazeta Esportiva
#csa
#são paulo
#brasileiro série a
#escolha do editor
#futebol
#notícias