Metropolis, a obra-prima de Fritz Lang, com cores e diálogos

Photo of Metropolis, a obra-prima de Fritz Lang, com cores e diálogos
Facebook
VKontakte
share_fav

O cineasta Fritz Lang é conhecido como o maior representante do expressionismo alemão, movimento artístico que chegou ao audiovisual após o fim da 1ª Guerra Mundial, em 1918. As obras que ele dirigiu ainda na primeira fase de sua carreira (1919-1936) se tornaram grandes clássicos do cinema, como “Dr. Mabuse” (1922) e “Os Nibelungos — A Morte de Siegfried” (1924).

“Metropolis”, filme de ficção-científica lançado em 1927, é considerado a obra-prima de Lang e conta a história de uma cidade futurista governada por ricos industriais que vivem em arranha-céus. Enquanto eles dão ordens, operários subterrâneos trabalham sem parar nas máquinas que fornecem energia à cidade. Visto como uma obra à frente de seu tempo, pode-se dizer que “Metropolis” continua atual.

O filme foi lançado ainda na época do cinema mudo, em preto e branco. Mas, agora os fãs de cinema podem assisti-lo sob uma nova perspectiva. O canal do YouTube “MetropolisRemix” disponibilizou o longa na íntegra, adicionando cores, músicas e diálogos dublados às cenas. Também é possível ativar as legendas em vários idiomas, incluindo o português.

Segundo os donos do canal, Garrett Guynn e Andrew John Holt, a nova versão de “Metropolis” é uma modernização para os fãs de Fritz Lang. No processo de colorização, eles utilizaram uma técnica chamada DeOldify, uma das melhores para tirar o aspecto antigo de imagens e vídeos. “Experiencie Metropolis como nunca antes!”, anunciam os criadores na descrição do vídeo.

Clique aqui para acessar: ">Assista “Metropolis”, clássico do cinema mudo, com cores e diálogos

ver Revista Bula
#filmes