O futebol feminino ontem e hoje

Photo of O futebol feminino ontem e hoje
Facebook
VKontakte
share_fav

“Quando você vê a história do futebol feminino, você tem a certeza de que o país é machista”. Daniela Alfonsi, diretora de conteúdo do Museu do Futebol, no estádio Pacaembu, em São Paulo justifica com essa frase a necessidade de levar ao público mais informações sobre a modalidade. A diretora é uma das responsáveis pela exposição Contra-ataque! As mulheres do futebol, que ocupa o espaço inicial do Museu na capital paulista até o dia 20 de outubro, com o objetivo de trazer mais visibilidade ao futebol feminino e explorar as quatro décadas em que a a prática das mulheres foi proibida no Brasil. Mas embora o acervo exclusivo reflita em boa parte um passado de desprezo pelo futebol feminino, a exposição é destaque num ano de virada para a modalidade: a Copa do Mundo da França foi a mais vista da história; em 2019 também, finalmente, os jogos do campeonato brasileiro passam na TV aberta; e os principais clubes do país passaram a investir nas equipes profissionais, após determinação da CBF. Neste mesmo Pacaembu que abriga o Museu do Futebol, as jogadoras da seleção brasileira enfrentam neste domingo o Chile, sob o comando da sueca Pia Sundhage, que em sua estreia viu seu time golear a Argentina —somente 31 anos depois da primeira formação da equipe nacional.

ver El País
#museus
#futebol feminino
#instituições culturais
#esporte feminino
#américa
#futebol
#américa do sul
#brasil
#américa latina
#esportes
#cultura