Por dentro do clube queer onde é proibida a entrada de homens cis

Photo of Por dentro do clube queer onde é proibida a entrada de homens cis
Facebook
VKontakte
share_fav

Tem uma piada no folclore queer feminino que é assim: o que uma lésbica traz no segundo encontro? Um caminhão de mudança. Para pessoas que não sabem muito sobre ser uma mulher que curte outras mulheres, essa é uma piada sobre como as lésbicas levam as coisas a sério rápido demais, correndo para se assentar com alguém e nunca mais ficar com uma estranha. Algo que não ajuda em nada a derrubar esse estereótipo é o aumento dos aluguéis, o que forçou o fechamento de incontáveis espaços LGBTQ+, particularmente os voltados para mulheres.

Mas a paquera queer – e baladas no geral – feminina pode estar rumando para uma renascença, graças a um novo clube noturno abrindo num dos distritos de festa gay mais famosos de Londres, Vauxhall. Em três anos, a do último bar lésbico dos EUA . Basta dizer que foi uma coisa meio deprê. Sabemos que o fechamento de baladas gays está aumentando não só lá, mas no Reino Unido também. Mas apesar de todos os desafios encarados por clubes gays lutando para sobreviver, parece que eles ainda não deram seu último suspiro. Pelo menos não na capital agora que a LICK abriu. A comunidade de mulheres e pessoas não-binárias em Londres merece mesmo uma alternativa para a invisibilidade, isolamento e o porão do G-A-Y. Esperamos que a LICK continue aqui por um longo tempo.

@iamhelenthomas / @Bexwade

Matéria originalmente publicada na VICE Reino Unido.

Siga a VICE Brasil no , Twitter, Instagram e YouTube.

ver Vice Brasil
#foto
#bissexualidade
#balada
#casas noturnas
#lesbianismo
#vida noturna
#lgbtq
#queer
#vauxhall
#lick
#queer clubs