Inspirada na Netflix, esta estratégia do Quinto Andar agiliza o aluguel

Photo of Inspirada na Netflix, esta estratégia do Quinto Andar agiliza o aluguel
Facebook
VKontakte
share_fav

A startup brasileira que media a locação de imóveis residenciais Quinto Andar enfrenta um desafio em sua operação: enquanto alguns imóveis são alugados rapidamente, outros podem demorar meses ou encalhar. Para resolver esse problema, inspirou-se em uma estratégia da gigante de streaming Netflix.

“A Netflix estuda seus dados sobre o que as pessoas veem. Com base nisso, criou seu próprio conteúdo original. Fizemos o mesmo com informações sobre o que as pessoas alugam ou não”, afirma Marcus Andrade. O executivo é o novo diretor de Originals, um projeto da Quinto Andar para realizar reformas eficientes de imóveis em sua plataforma. Os proprietários alugam seus imóveis mais rapidamente, enquanto moradores veem mais qualidade nas propriedades cadastradas no Quinto Andar.

Originais

O piloto funciona há dois meses, por enquanto apenas no centro expandido da cidade de São Paulo. Há duas formas de imóveis participarem do Originals: ou já estão no padrão do Quinto Andar e são automaticamente certificados, ou aceitam as reformas sugeridas pela startup.

As mudanças podem ser básicas, intermediárias ou ideais. Todas se baseiam no histórico de locação e preferências dos usuários do Quinto Andar e priorizam apenas reformas que valorizem o imóvel e acelerem sua locação, sem colocar a casa toda abaixo.

Na reforma básica, o objetivo há a revisão de pisos, pinturas e reparos elétricos e hidráulicos e inclusão de espelhos e boxes nos banheiros, por exemplo. Na reforma intermediária, os materiais usados são de maior qualidade e há a instalação de eletrodomésticos. Por fim, a reforma ideal inclui toda a mobília do apartamento ou casa.

A transformação é feita por fornecedores parceiros do Quinto Andar. Segundo Andrade, o preço dessas mudanças estão na média do mercado. “Colocando condomínio e IPTU que ele paga mesmo sem alugar, a reforma se paga muito rápido”. De acordo com o diretor, as reformas podem subir ou não o preço cobrado pelo proprietário. Depende do quanto ele cobrava — se o dono de imóvel já pedia um aluguel acima da média do mercado, pode ser que tenha de continuar com esse mesmo valor.

Além de cuidar da reforma, o Quinto Andar dará financiamento aos proprietários. Os donos das propriedades podem pagar a transformação no momento da reforma ou abatê-la de parcelas futuras de aluguel, sem cobrança de juros.

Dezenas de apartamentos já foram reformados e a startup já colhe os resultados da estratégia. Segundo Andrade, os aluguéis acontecem de 30 a 50% mais rápido do que o histórico do mesmo imóvel pré-reforma e de apartamentos e casas nessas mesmas condições. Quando a Originals se estabelecer, o ritmo esperado é de “milhares” de reformas anualmente.

Em 2019, o Quinto Andar projeta bater a marca de mais de um milhão de visitas agendadas. Por mês, marca de nove a dez mil visitas. Mais de 60 mil imóveis já passaram pela startup, que não divulga o número de imóveis alugados, assim como faturamento.

Histórico de negócio

O Quinto Andar foi fundado em 2013 e começou a operar em 2015, com o objetivo de simplificar o processo de locação de casas e apartamentos residenciais. O Quinto Andar atua como fiador para usuários com um histórico de crédito sólido e elimina burocracias e custos na hora de alugar, como o de seguro-fiança.

A posição do Quinto Andar de eliminar a necessidade de garantias é um risco a mais ao negócio. Por outro lado, a oportunidade é grande. De acordo com entrevista anterior do cofundador Gabriel Braga a EXAME, esse é um mercado de 200 bilhões de reais por aqui e que tende a crescer. Apenas 20% das residências são alugadas no Brasil, contra os 50% vistos em cidades como Nova York.

O negócio captou no final do ano passado um aporte série C no valor de 250 milhões de reais — que provavelmente ajudou na criação do projeto de Originais. Ao todo, a startup já recebeu 320 milhões de reais em aportes. O Quinto Andar está em 25 cidades, incluindo as capitais São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Goiânia, Porto Alegre, Curitiba e Florianópolis.

ver VIP
#startups
#estratégia
#quintoandar
#pme