Megan Rapinoe: “Não irei à merda da Casa Branca”

Photo of Megan Rapinoe: “Não irei à merda da Casa Branca”
Facebook
VKontakte
share_fav

Se por algo se destaca Megan Rapinoe, além do seu futebol, é por não ter papas na língua. Quando perguntada sobre uma eventual visita ao presidente Donald Trump depois da Copa do Mundo, a capitã da seleção feminina de futebol dos EUA bufou e disparou um eloquente: “Não irei à merda da Casa Branca”. Rapinoe, destaque no jogo das oitavas de final contra a Espanha, com dois gols de pênalti, está consciente de que seria uma personagem incômoda para a Administração Trump: custa imaginar duas figuras mais antagônicas que a contestadora atleta e o polêmico mandatário.

ver El País
#futebol feminino
#competições
#seleções esportivas
#campeonato mundial
#seleção americana
#casa branca
#esporte feminino
#governo
#megan rapinoe
#copa do mundo
#administração estado
#administração pública
#futebol
#política
#esportes
#donald trump
#mundial futebol feminino