ONU aponta “provas críveis” sobre a responsabilidade de herdeiro saudita na morte de jornalista

Photo of ONU aponta “provas críveis” sobre a responsabilidade de herdeiro saudita na morte de jornalista
Facebook
VKontakte
share_fav

A relatora da ONU para as execuções extrajudiciais, Agnes Callamard, concluiu nesta quarta-feira que há provas suficientes para responsabilizar pelo assassinato de Kamal Khashoggi o príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman (MBS), e outros altos funcionários do reino. Isso fica claro no relatório que ela apresentou, no qual pede a inclusão dele nas sanções e que se aprofunde a investigação do caso. Apesar de terem recebido o texto antecipadamente, as autoridades sauditas permanecem em silêncio, mas sempre negaram o envolvimento do príncipe.

ver El País
#arábia saudita
#ásia
#oriente médio
#península arábica
#balcãs
#turquia
#europa
#europa sul