Ajuda para sair da crise

Photo of Ajuda para sair da crise
Facebook
VKontakte
share_fav

Desde 2013, a indústria da construção civil nacional sofre com a crise econômica e amarga perdas no resultado do Produto Interno Bruto (PIB). Nos últimos cinco anos, o setor perdeu 3 milhões de empregos, segundo dados da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

Rogerio Monteiro, CEO da Linear Engenharia, foi um dos empresários que sentiram a dificuldade na pele e viu na crise o momento decisivo para traçar um diagnóstico e um plano de ação para gerir melhor seu negócio. Foi então que resolveu entrar no programa Mentoria PME, criado pela revista EXAME.

Quem ajudou Monteiro a enxergar os pontos de melhoria de sua empresa foi Roland de Bonadona, executivo conhecido por mudar a hotelaria do país. Francês, ele chegou a São Paulo em 1990 e fez carreira na Accor, onde ficou por mais de quatro décadas. Hoje, é proprietário da Bonadona Hotel Consulting. “Faz parte do meu dever dividir o que tive a chance de aprender, contribuindo com empreendedores que precisam de apoio”, diz o empresário.

Veja também

O primeiro passo foi conhecer melhor Monteiro e a Linear, que passou os últimos 30 anos realizando obras particulares, como casas de praia, fazendas, prédios, condomínios e concessionárias. “Bonadona detectou os problemas na base da nossa empresa. Nós crescemos sem considerar os princípios básicos da gestão”, conta o mentorado.

A missão, então, era definir os objetivos e organizar os processos sem pular etapa alguma. “O desafio era dar um rumo menos focado no curto prazo, mas mais estratégico para a empresa”, diz Bonadona. “Tentei fazê-lo enxergar os obstáculos e desafios que estavam travando os negócios, além de mapear caminhos para crescer e passar confiança para chegar lá.”

Veja também

A mentoria, que terminou no início de 2019, já rendeu frutos. Monteiro contratou uma consultoria que vai avaliar as metas de crescimento da Linear e ajudar na trajetória futura. “Ele já estava convencido de que devia mudar. Agora, tem um mapa, as ferramentas e a disposição para fazer essa viagem, que tende a ser de muito êxito”, diz Bonadona. Para o mentorado, a sensação foi de renovação. “Foi um choque de ânimo muito bom ver como outras empresas estão se comportando na crise e conhecer novos métodos de operação.”

Os encontros individuais de Monteiro com seu mentor, combinados com as palestras e aulas de professores da Fundação Dom Cabral, foram essenciais para que esse case viesse a ser de sucesso. Mas outro segredo para dar certo, explica Bonadona, é o diálogo. “O mentorado tem que ser sincero e estar disposto a mudar, se necessário, e o mentor tem que saber escutar e não chegar apenas com soluções prontas”, afirma. Monteiro concorda totalmente. “Você tem que ir com a mente aberta, porque tudo que me foi apresentado foi sensacional.”

Veja também

As inscrições para a edição de 2019 do programa EXAME Mentoria PME já estão abertas. O início dos encontros será no dia 20 de maio. Para saber mais, acesse mentoria.exame.com.br.

ver EXAME
#empreendedorismo
#ceos
#empreendedores
#dicas de empreendedorismo
#pme
#exame mentoria pme
#geral
#negócios
#crises em empresas
#cabeça de empreendedor