Conheça as empresas siderúrgicas com os funcionários mais satisfeitos

Photo of Conheça as empresas siderúrgicas com os funcionários mais satisfeitos
Facebook
VKontakte
share_fav

Este texto faz parte do anuário VOCÊ S/A – As 150 Melhores Empresas para Trabalhar 2018, publicado em novembro de 2018 (ed. 246), com informações levantadas entre os meses de junho e setembro do ano passado.

As conversas sobre carreira na siderúrgica Alcoa, eleita a melhor do setor deste Guia, mudaram de tom. Até 2017, a avaliação de desempenho seguia o modelo tradicional, com base em entregas e competências demonstradas no período. Mas o processo deixou de focar o passado. A partir deste ano, líderes e liderados falam sobre as perspectivas para o futuro, os ajustes necessários para alcançar os objetivos, a aderência aos comportamentos valorizados na companhia — como habilidade para inspirar os demais — e o impacto que as ações tomadas pelos profissionais terão na empresa e na rotina das pessoas. A análise dos resultados não deixou de acontecer. A alteração se deu na forma como isso ocorre. As diferenças principais estão na valorização do que a Alcoa define como “metas ágeis”, que podem mudar de acordo com as necessidades, e dos check-ins, feedbacks formais pedidos pelos funcionários no sistema interno da companhia a qualquer momento, sem limite de interações. Agora, falta divulgar mais o procedimento e aumentar o engajamento dos líderes com a novidade: algumas equipes relatam não haver plano de desenvolvimento efetivo nem disponibilidade dos gestores para o diálogo. | alcoa.com/brasil |
Visita: MARCIA KEDOUK, em São Paulo (SP)

PONTOS POSITIVOS

Funcionários podem visualizar no sistema de RH detalhes da remuneração, incluindo os valores mínimo e máximo pagos para a função e o atual
posicionamento dentro da faixa salarial.

PONTOS A MELHORAR

Há a percepção de que o recrutamento interno poderia ser mais transparente e o retorno dado a quem não é aprovado no processo deveria ser mais detalhado, para ajudar em outras oportunidades.

APERAM SOUTH AMERICA

A Aperam sabe que o brilho do aço inox que sai da planta industrial de Timóteo, Minas Gerais, depende de um time engajado. Por isso, o Jeito Aperam de Ser, conjunto de valores da companhia, foi criado com base em pesquisas com os próprios funcionários, que definiram como são importantes as boas práticas de segurança, a gestão por proximidade e a liderança pelo exemplo. Um dos destaques da companhia é o programa de participação nos lucros (PPL), bastante elogiado pelos trabalhadores. Outro aspecto interessante é que a siderúrgica oferece a carreira em Y, dando oportunidades a quem deseja crescer como técnico. Para saber qual caminho percorrer, os mais de ­2 500­ empregados recebem treinamentos sobre as trilhas de carreiras disponíveis e sobre as movimentações que podem fazer. A Fundação Aperam, sediada em um prédio dos anos 50 em Timóteo, no Vale do Aço, em Minas Gerais, promove ações multidisciplinares nas áreas de educação, cultura e meio ambiente. “Temos consciência da importância da empresa, não só para seus funcionários mas também para suas famílias. Por isso, procuramos integrar toda a comunidade em nossas iniciativas”, afirma Ilder Camargo, diretor de produção da empresa. | brasil.aperam.com |
Visita: Frederico Machado, em Timóteo (MG)

PONTOS POSITIVOS

Vale-alimentação de até 845 reais (onde há refeitório próprio, em vez de vale, descontam-se em folha 52 centavos por refeição), previdência privada, kit escolar para os filhos e auxílio-creche de 764 reais.

PONTOS A MELHORAR

Os profissionais gostariam que a empresa tivesse uniformidade nas folgas nos dias de aniversário. hoje, o descanso é oferecido de acordo com cada setor e liderança, o que incomoda o pessoal.

TAMARANA

A importância da gestão de pessoas na Tamarana Tecnologia se mede pela participação do RH no comitê executivo da empresa. Mauricio Chiesa Carvalho, que responde pela área, ocupa a cadeira ao lado do presidente e dos diretores. Entre outras atribuições, cabe a esse comitê discutir e analisar o desempenho dos líderes. Na Tamarana, a liderança passa, semestralmente, por avaliação com base na matriz de competências da empresa. Depois da calibração pelo comitê executivo, o RH é responsável pelo feedback ao gestor. Outra responsabilidade da área está no retorno aos profissionais que participam de processos de recrutamento interno, medida adotada mesmo para aqueles que não são selecionados para a vaga em aberto. Além disso, é o RH que orienta os funcionários do operacional sobre as possibilidades de ascensão na carreira, num bate-papo informal, em que eles se sentem confortáveis para colocar suas aspirações e também pleitear mudança de setor na empresa. Já os chefes contam com sessões de coaching. A mensuração de quanto as práticas estão azeitadas acontece uma vez por ano, por meio de pesquisa de clima organizacional, respondida de forma anônima pelos empregados. | tamaranatecnologia.com.br |
Visita: Tatiana Vaz, em Tamarana (PR)

PONTOS POSITIVOS

A fábrica tem área verde por onde circulam animais como pavões e macacos. Um lounge oferece TV, computadores com internet, wi-fi, pufes e biblioteca com mais de 2 000 livros — aberta à comunidade.

PONTOS A MELHORAR

O operacional não discute metas com os chefes, limitando-se a sugerir caminhos para chegar aos objetivos. os gerentes também não falam sobre estratégia com a diretoria nem participam de sua formulação.

ver EXAME
#melhores empresas para trabalhar
#siderurgia
#alcoa
#carreira - você s/a
#você s/a