O Homem de Seis Bilhões de Dólares terá o diretor de Bumblebee

Photo of O Homem de Seis Bilhões de Dólares terá o diretor de Bumblebee
Facebook
VKontakte
share_fav

Segundo informações da Variety, o diretor de Bumblebee, Travis Knight, fechou com a Warner Bros. para capitanear a versão cinematográfica da velha série O Homem de 6 Milhões de Dólares (Six Million Dollar Man), só que para o título fazer algum sentido, vai ser atualizado para O Homem de Seis Bilhões de Dólares (Six Billion Dollar Man).

Mark Wahlberg será O Homem de Seis Bilhões de Dólares, remake da série de TV clássica. Montagem: Nick Ellis

O projeto foi comprado pela Warner Bros. das cinzas da Weinstein Company em 2017 e antes tinha como diretor Damian Szifron, que foi mandado embora. Travis Knight começou com animações, e seu primeiro longa metragem como diretor foi Kubo e as Cordas Mágicas, de 2016.

Quem está escalado no papel principal é Mark Wahlberg, que está em todas. Ele será o novo Steve Austin, o ex-astronauta que sofre um acidente gravíssimo e quase morre na volta para a Terra e precisa receber um braço, pernas e olho esquerdo biônicos que custam os tais seis milhões de dólares do título. Tá, seria uma pechincha hoje, mas na época era uma quantia considerável.

O papel de Steve Austin foi imortalizado nas telas de TV dos anos 70 por Lee Majors, que recentemente foi visto na TV mandando bem demais como o engraçadíssimo pai de Ash Williams em Ash vs. Evil Dead. Por falar nessa série que eu adoro, permitam-me abrir um parênteses para lamentar seu cancelamento precoce. Apesar de ter tido um começo promissor e ter sido renovada antes mesmo de estrear, a série do Ash infelizmente acabou cancelada. Os fãs esperaram em vão que a Netflix ou o Amazon Prime a salvassem, mas até agora, isso não aconteceu, e Campbell já está de emprego novo, pois vai apresentar a nova versão de Acredite Se Quiser em breve.

Voltando ao Homem de Seis Milhões de Dólares, o sucesso foi tanto que a série durou cinco temporadas, de 1973 a 1978, e ainda deu origem a um spin-off, A Mulher Biônica (que tentaram refazer em uma série em 2007, mas não passou da primeira temporada). Resta saber se no novo filme também vai aparecer o homem de sete milhões (agora bilhões) de dólares, Barney Miller, que aparece na segunda temporada da série clássica como um modelo mais avançado e maligno de Austin.

Outra coisa que a série fez foi vender um bocado de brinquedos. Quando eu era criança, um dos meus favoritos era esse action figure clássico da Kenner, que tinha vários acessórios, incluindo um foguete pessoal que ao ser aberto, virava uma base para reparos dos seus componentes biônicos.

Impossível olhar pra essas imagens sem lembrar do quanto eu e meu irmão brincamos com esses bonecos do Steve Austin quando a gente era criança, e se hoje eu e ele temos um site dedicado a brinquedos (há 12 anos no ar), é por causa de produtos como esse. Na época, a Kenner também lançou outras versões de Steve Austin, da Mulher Biônica, alguns vilões e o Oscar, o chefe de Steve Austin.

Mas será que vai prestar esse filme? Tudo é possível, mas a verdade é hoje em dia, homens e mulheres biônicas já são uma realidade, então o roteiro vai ter que ser muito bom para realmente impressionar o público. Não sei vocês, mas a minha maior curiosidade é saber em quais componentes cibernéticos vão gastar os US$ 6 bilhões que vai custar o Steve Austin de Mark Wahlberg.

Uma coisa é certa, quanto mais distante o filme ficar da série antiga, melhor, e aposto que esse vai ser o caminho a ser seguido na produção. Não recomendo que você procure assistir trechos de O Homem de Seis Milhões de Dólares, já que é tudo muito tosco, por conta das restrições orçamentárias e técnicas tão comuns em produções de ação ou ficção na TV daquela época.

Ficou famoso o duelo de Steve Austin contra um Pé Grande robótico criado e comandado por alienígenas, e que foi interpretado pelo saudoso André, The Giant. Essa cena tem o mérito de ser praticamente tão bizarra quanto a da luta do Capitão Kirk contra o Gorn, só que com o agravante de ter sido gravada uns 10 anos depois.

As lembranças dos mais velhos como eu são boas, desde que a pessoa não tenha cometido o erro de procurar cenas da série no YouTube, como fiz pra escrever esse texto. Até a abertura, que me lembro que era bem empolgante na época, ficou extremamente datada.

O Homem de Seis Bilhões de Dólares deve estrear em 2020.

O post O Homem de Seis Bilhões de Dólares terá o diretor de Bumblebee apareceu primeiro em Meio Bit.

ver Meio Bit
#warner bros
#filmes
#mark wahlberg
#cinema
#warner bros pictures
#entretenimento