Da proibição à obrigação, o futebol feminino desafia os clubes brasileiros em 2019

Photo of Da proibição à obrigação, o futebol feminino desafia os clubes brasileiros em 2019
Facebook
VKontakte
share_fav

“Às mulheres não se permitirá a prática de desportos incompatíveis com as condições de sua natureza”. A frase está no artigo 54 do Decreto-lei 3199, de abril de 1941, época em que Getúlio Vargas governava o país de forma autoritária através do Estado Novo. Naquele ano, enquanto o futebol masculino brasileiro funcionava de forma profissional há quase uma década e a seleção já havia participado de três Copas do Mundo, a modalidade feminina tinha sua prática proibida por lei, com o Conselho Nacional de Desportos – criado pelo mesmo decreto – se baseando em argumentos supostamente científicos a respeito das “condições de natureza” das mulheres. A proibição só foi abolida em 1979, no período final da ditadura seguinte, comandada pelos militares.

ver El País
#atlético mineiro
#futebol feminino
#são paulo fc
#santos fc
#botafogo
#cbf
#esporte feminino
#organizações desportivas
#américa
#federaciones deportivas
#futebol
#américa do sul
#brasil
#américa latina
#esportes
#times esportes