Presidenciáveis da Ucrânia se submetem a testes de álcool e drogas

Photo of Presidenciáveis da Ucrânia se submetem a testes de álcool e drogas
Facebook
VKontakte
share_fav

Kiev – O presidente da Ucrânia e candidato à reeleição, Petro Poroshenko, e seu adversário no segundo turno nas eleições presidenciais que serão realizadas no dia 21 deste mês, Vladimir Zelenski, entregaram nesta sexta-feira amostras para análise de detecção de presença de álcool e drogas em seus organismos.

A realização dessas análises foi uma exigência apresentada por Zelenski, vencedor do primeiro turno com 30,24% dos votos para concordar em debater com Poroshenko, que ficou em segundo lugar (15,95%).

O comediante esteve no início da manhã em uma clínica particular em Kiev e depois de entregar suas amostras, disse à imprensa que os resultados serão divulgados em três dias.

Questionado o motivo de não ter ido à enfermaria do Estádio Olímpico de Kiev, onde ele mesmo propôs a realização do debate com Poroshenko, Zelenski disse que no local “não há laboratórios”.

Sobre a escolha da clínica, o comediante indicou que optou por ela por conhecer seu proprietário.

Já Poroshenko entregou suas amostras nas instalações do Estádio Olímpico.

“A proposta de Zelenski para testar o vício em álcool ou drogas pareceu-me boa: há duas coisas importantes: as análises devem ser realizadas por laboratórios independentes e que tenham a devida certificação”, disse o presidente aos jornalistas.

Ele acrescentou que não sabe em que clínicas as análises serão realizadas e afirmou que esse procedimento é obrigatório para os candidatos à presidência do país.

“É um assunto de segurança nacional”, ressaltou.

Pouco tempo depois, foi relatado que as análises rápidas de triagem de drogas realizadas nas amostras de Poroshenko foram negativas.

“Nenhuma substância psicoativa foi encontrada”, disse o diretor do hospital clínico de Socioterapia, Vladimir Yari.

O médico indicou que os resultados do estudo do cabelo e do folículo piloso serão conhecidos nos próximos dias, pois é uma análise que exige mais tempo.

ver VIP
#ucrânia
#álcool
#drogas
#mundo