Policial Militar quebra o braço de dirigente do PT em Atibaia; assista

Facebook
VKontakte
share_fav

Um policial militar quebrou o braço de Geovani Leonardo Doratiotto da Silva, dirigente do PT de Atibaia (SP), em uma delegacia da cidade paulista neste domingo (3.fev.2019).

Em 1 vídeo que circula nas redes sociais, é possível ver o momento que os policiais rendem Giovani e o seguram com uma gravata. Logo em seguida, outro policial vem de encontro ao petista e puxa o braço dele, que quebra.


De acordo com o ouvidor da polícia, Benedito Mariano, houve “nítido excesso” por parte dos policiais que estavam na delegacia.

A Corregedoria da PM de São Paulo informou que os 4 policiais que aparecem no vídeo ficarão afastados até a conclusão das investigações.

Assista ao vídeo:

Geovani teria discutido com apoiadores do presidente Jair Bolsonaro em 1 bloco de carnaval e por isso foi levado algemado para a delegacia.

Doratiotto usava uma camiseta branca com a foto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Reprodução/Facebook

ver Blog do Fernando Rodrigues
#abuso policial
#brasil
#violência da pm