Quais são os 50 unicórnios do futuro — com 3 negócios brasileiros na lista

Photo of Quais são os 50 unicórnios do futuro — com 3 negócios brasileiros na lista
Facebook
VKontakte
share_fav

Para prever os próximos unicórnios, negócios inovadores avaliados em um bilhão de dólares ou mais, pense nas empresas menos sexy que puder. Hoje, existem 310 unicórnios espalhados pelo mundo.Rodadas de investimento de 100 milhões de dólares se tornaram lugar comum. A maioria das startups bilionárias do futuro está de olho na construção de softwares para setores específicos, como agricultura, finanças e saúde. Não poderia ser mais chato, mas não poderia ter mais potencial de lucro de verdade, lacuna em boa parte dessas empresas.

As futuras startups valiosas foram elencadas pela companhia de análise de investimentos e startups CB Insights, a pedido do jornal americano The New York Times.

Na lista, três negócios brasileiros: a startup de logística CargoX; o serviço de mobilidade urbana Grow, fusão entre a mexicana Grin a brasileira Yellow; e o Quinto Andar, plataforma de aluguéis residenciais.

Veja, abaixo, os 50 unicórnios do futuro:

Nome da startup Região de origem O que faz
Airwallex Hong Kong (China) Sistema para empresas que permite transações internacionais
Alto Pharmacy São Francisco (EUA) Farmácia online
Amplitude São Francisco (EUA) Ferramentas analíticas para negócios digitais
Beisen Beijing (China) Ferramentas de gestão e mensuração de talentos
Benchling São Francisco (EUA) Sistema para companhias e pesquisadores em ciências
BetterCloud Nova York (EUA) Cibersegurança para empresas que usam computação em nuvem
Blend São Francisco (EUA) Sistema para concessão de empréstimos ao consumidor e de hipotecas
Braze Nova York (EUA) Sistema de marketing mobile
C2FO Kansas (EUA) Plataforma que concede capital de giro a empresas
CarDekho Group Jaipur (Índia) Plataforma de vendas, financiamento e seguros para automóveis e educação
CargoX São Paulo (Brasil) Tecnologia para trazer eficiência a companhias de caminhões
Carta São Francisco (EUA) Serviços de gestão de participação para fundadores, investidores e funcionários
Checkr São Francisco (EUA) Checa o histórico de empregados
Citymapper Londres (Inglaterra) Aplicativo de navegação (mapas e trânsito) para cidades
ClearTax Bangalore (Índia) Sistema para declarar impostos e gerir investimentos
Contentful Berlim (Alemanha) Sistema para conteúdos digitais
DailyHunt Bangalore (Índia) Aplicativo de notícias e entretenimento
Datrium Sunnyvale (EUA) Provedor de armazenamento na nuvem
Deep Map Palo Alto (EUA) Tecnologia de mapeamento para veículos autônomos
Deputy Sydney (Austrália) Sistema para companhias gerenciarem escalas de trabalho
Domino Data Lab São Francisco (EUA) Sistemas para gerenciamento de dados
Earnin Palo Alto (EUA) Provedor de empréstimos de curto prazo
Embark Trucks São Francisco (EUA) Caminhões semiautônomos
Expanse São Francisco (EUA) Provedor de segurança empresarial para aparelhos conectados
Faire São Francisco (EUA) Marketplace para pequenos vendedores
Farmers Business Network San Carlos (EUA) Plataforma online para fazendeiros analisarem dados, comprar insumos e vender colheitas
Flywire Boston (EUA) Software de pagamentos globais
Front São Francisco (EUA) Software de colaboração por e-mail
Glossier Nova York (EUA) Produtos de beleza e de cuidado com a pele
Grow Mobility São Paulo (Brasil) e Cidade do México (México) Serviço de scooters e bikes sem docas
HackerOne São Francisco (EUA) Solução para encontrar e consertar vulnerabilidades em softwares
KRY Estocolmo (Suécia) Serviço de consultas médicas pelo smartphone
MapBox Washington e São Francisco (EUA) Tecnologia de mapeamento
Marqeta Oakland (EUA) Infraestrutura de pagamentos para emissão de cartões físicos e virtuais
Medbanks Network Technology Beijing (China) Sistemas oncológicos
Miaoshou Doctor Guangzhou (China) Comunicação online entre médicos e pacientes
Onshape Massachusetts (EUA) Ferramentas de design hospedadas na nuvem para manufaturas
Outreach Seattle (EUA) Plataforma de engajamento para vendas
Practo Technologies Bangalore (Índia) Conecta pacientes a sistemas de saúde usando tecnologia
QuintoAndar São Paulo (Brasil) Plataforma de aluguel residencial
Razorpay Bangalore (Índia) Tecnologia de pagamentos para vendedores online
RigUp Austin (EUA) Plataforma online para busca de empregos por temporários no mercado de energia
SalesLoft Atlanta (EUA) Tecnologia para companhias aumentarem vendas
Segment São Francisco (EUA) Plataforma para coleta e análise de dados
SiSense Nova York (EUA) Sistema para análise e visualização de dados
Sonder São Francisco (EUA) Provedora de hotéis-apartamentos em cidades
Standard Cognition São Francisco (EUA) Inteligência artificial para lojas físicas
Upgrade São Francisco (EUA) Plataforma de empréstimos online
Xiangwushuo Xangai (China) Plataforma para troca de itens usados
Zola Nova York (EUA) Ferramentas de planejamento e de registro online de casamentos

Os brasileiros na lista

A Cargo X liga motoristas de caminhões autônomos a companhias que precisam transportar cargas, funcionando como uma espécie de Uber para mercadorias. A ideia do negócio surgiu ao perceber que havia transportadoras demais e muitos caminhões voltavam vazios das entregas. A parcela de veículos rodando sem carga chega a 43%, num país em que quase 80% dos serviços de transporte utilizados são rodoviários.

A empresa está desde 2013 coletando informações das rotas mais seguras, possibilitando prever com maior assertividade o que pode acontecer com uma mercadoria. Em maio do ano passado, a startup contava com 250.000 caminhoneiros cadastrados, dos quais cerca de 7.000 são ativos na plataforma, e estimava uma receita anual de 650 milhões de reais.

A Grow nasceu da união entre a mexicana Grin e a brasileira Yellow. As empresas operam o aluguel de bicicletas e de patinetes elétricos compartilhados em cidades do Brasil e de outros seis países da América Latina, com 135.000 veículos disponíveis em 17 cidades.

As startups levantaram um investimento adicional de 150 milhões de dólares com os fundos que já eram sócios das empresas com o objetivo de expandir a presença na América Latina e se preparar para uma eventual concorrência de startups americanas, que já sinalizaram que devem entrar no Brasil em 2019. Outros modais de transporte, como motos e até carros, de modelos que comportam dois passageiros, poderão ser os próximos a serem testados num futuro próximo.

O Quinto Andar, negócio focado em aluguel de casas e apartamentos residenciais, já recebeu 320 milhões de reais em aportes. O Quinto Andar atua como fiador para usuários com um histórico de crédito sólido e elimina burocracias e custos na hora de alugar, como seguro-fiança e outras garantias. Segundo Gabriel Braga, cofundador do Quinto Andar, esse é um mercado de 200 bilhões de reais por aqui e que tende a crescer. Apenas 20% das residências são alugadas no Brasil, contra os 50% vistos em cidades como Nova York.

Apesar de manter segredo sobre as informações mais estratégicas, o Quinto Andar confirma que, em outubro deste ano, a cada dois minutos agendou-se uma visita física a imóveis cadastrados na plataforma. Ou seja, seriam cerca de 21,6 mil visitas agendadas no mês.

ver VIP
#inovação
#startups
#yellow
#quintoandar
#pme
#unicórnios