5 razões pelas quais o trabalho remoto pode não funcionar

Photo of 5 razões pelas quais o trabalho remoto pode não funcionar
Facebook
VKontakte
share_fav
Getty Images
Se você é um trabalhador remoto ou considera vir a ser, é importante saber que há algumas questões que podem impactar negativamente sua vida profissional e produtividade

Em maio de 2017, a IBM tomou a decisão de chamar seus funcionários remotos de volta ao escritório. Foi uma grande surpresa para muitos, já que a empresa sempre apoiou ambientes para trabalho remoto para seus empregados. A razão oficial é que a companhia diz acreditar que uma maior produtividade ocorre quando os times estão fisicamente juntos, lado a lado. Essa atitude veio com outras empresas que tomaram a mesma decisão, como o Bank of America.

LEIA MAIS: Três decisões para mudar sua carreira em 2019

Contudo, as companhias não são as únicas a lidar com a questão do empregado remoto, que faz parte das novas relações de trabalho. Os próprios funcionários encaram desafios que podem dificultar sua produtividade e satisfação no emprego.

O trabalho remoto traz ótimos benefícios para muitos e, certamente, há aqueles que prosperam. Contudo, para outros, pode ser frustrante e até um pouco deprimente. Apenas você pode avaliar se este é o estilo de trabalho ideal para suas prioridades e personalidade.

Se você é um trabalhador remoto ou considera vir a ser, é importante saber que há algumas questões que podem impactar negativamente sua vida profissional e produtividade.

Veja, na galeria de fotos abaixo, 5 razões pelas quais o trabalho remoto pode não funcionar para você:

Getty Images Getty Images Getty Images Getty Images Getty Images

O post 5 razões pelas quais o trabalho remoto pode não funcionar apareceu primeiro em Forbes Brasil.

ver Forbes Brasil
#carreira
#home office
#promoção
#foco
#benefícios
#ibm
#ambiente de trabalho
#chefe
#concentração
#escritório
#líder
#empregado
#funcionários
#trabalho remoto
#solidão
#local de trabalho
#produtividade
#emprego
#colegas de trabalho
#ceo
#c-level
#tarefa