O que esperamos da Apple em 2019?

Photo of O que esperamos da Apple em 2019?
Facebook
VKontakte
share_fav

Então é Natal, e o que você fez? A Apple, sinceramente, não fez muito: 2018 foi um ano para se esquecer em Cupertino, com alguns acertos mas certamente erros que tiveram um peso muito maior para a perceção dos meses que se passaram.

Por isso e muito mais, os próximos passos da Maçã são vistos com mais interesse que nunca — um passo em falso, e a empresa pode cair ainda mais; um acerto, e os dias de glória podem voltar rapidamente (os consumidores têm memória curta, afinal). Nesse post, vamos nos concentrar em lançamentos: o que a empresa pode, deve e precisa lançar em 2019? Listemos os principais suspeitos.

Mac Pro

Começamos com o — teoricamente — mais óbvio. A Apple vem prometendo uma atualização do Mac Pro, abandonado desde os idos de 2012, já desde o início de 2017; na atualização mais recente sobre o caso, avisou que a reedição do seu desktop profissional ficaria para 2019. Caso não ocorram mais atrasos no projeto, que parece estar sendo desenvolvido com todo carinho na equipe de hardware de Cupertino, podemos estar a alguns meses da sua apresentação.

Quanto aos detalhes da nova máquina, não temos muita coisa. Sabemos que a Apple vai abandonar (ou ao menos melhorar profundamente) o design “lata de lixo” em prol da volta às origens, com um computador modular, que traz upgrades mais fáceis e acesso rápido a componentes internos importantes. Eles devem incorporar a nova linha de processadores Xeon, da Intel — ou seja, podemos esperar máquinas poderosíssimas a preços igualmente retumbantes.

Conceito do novo Mac Pro e Cinema Display

Monitor

Junto ao anúncio de que o Mac Pro ganharia uma aguardada renovação, a Apple comentou, de passagem, que estava nos seus planos o lançamento de um novo monitor profissional próprio. Como bem se sabe, desde a morte do Thunderbolt Display, a Maçã tem se contentado em “recomendar” os periféricos 4K e 5K da LG, que têm boa recepção do mercado mas, bom, não oferecem toda a integração que um produto da Maçã poderia trazer.

Os detalhes sobre o novo monitor da Apple são basicamente inexistentes, mas, em se tratando de um produto destinado a profissionais, podemos esperar especificações a caráter: resoluções 4K ou 5K, conectividade de altíssima performance, painéis de primeira linha com suporte a todos os espectros de cor e muito mais. O preço também deverá ser, digamos, profissional.

Novos iPhones

É um fato mais certo que o especial de Roberto Carlos todo fim de ano: a Apple vai anunciar novos iPhones em setembro/outubro. Resta saber como eles serão – e agora, mais que nunca, as decisões da empresa podem influenciar fortemente seu futuro, com o interesse supostamente abaixo do esperado nos iPhones XS/XS Max/XR.

Render de possíveis iPhones de 2019 com recorte menor

Os rumores sobre os aparelhos já estão correndo soltos, e nós sabemos — preliminarmente, ao menos — que eles deverão trazer baterias maiores, câmeras TrueDepth aprimoradas (embora só na frente; a traseira deve permanecer com lentes “comuns”) e, ao menos em um modelo, uma nova tecnologia de painel OLED com sensor de toque embutido. Há uma chance de o 3D Touch ser totalmente limado da linha, mas essa ainda é uma especulação longínqua.

Também se fala sobre um possível recorte (notch) menor nos aparelhos e, ao menos no modelo mais caro, a inclusão de três câmeras traseiras, seguindo tendências iniciadas pela Samsung e pela Huawei.

O que não se sabe é como a configuração da linha se apresentará em 2019: será o iPhone XR um projeto contínuo da Maçã ou é mais provável que a empresa “mate” o aparelho mais barato e reposicione os dois modelos de OLED com preços mais em conta? Ninguém sabe. Mais informações sobre esses planos deverão surgir em breve.

MacBook Pro com Face ID

Não há nenhum rumor concreto sobre isso, mas faz todo o sentido. O MacBook Pro recebeu uma atualização pontual em 2018 com novos processadores “Coffee Lake” e painéis True Tone, mas é possível que em 2019 vejamos um update mais profundo nos portáteis — que, afinal, já têm o mesmo visual e características básicas desde 2016.

Se eu pudesse apostar em uma mudança-chave nesse suposto update, seria a inclusão de uma câmera TrueDepth nos portáteis para criar os primeiros Macs com Face ID — ora, se o método de autenticação facial surgido no iPhone X já se expandiu para os iPads Pro, nada mais natural do que levá-los também aos computadores, certo?

Só esperamos que a Apple nos poupe de um recorte na tela do MacBook Pro.

ver Mac Magazine
#rumores
#lançamento
#macbook pro
#ipad
#mac
#eletrônicos
#airpods
#série
#macbook
#display
#imac
#monitor
#thunderbolt
#pro
#mini
#original
#2019
#gadgets
#face id
#airpower
#apple
#hardware
#iphone
#destaques