4 razões por que donos de startups unicórnico são na maioria homens e brancos

Photo of 4 razões por que donos de startups unicórnico são na maioria homens e brancos
Facebook
VKontakte
share_fav

Ultimamente, tem surgido algumas tentativas de criação de fundos de investimento para mulheres, minorias e outras comunidades não tão representadas no meio empreendedor de startups unicórnio, denominação para quando atingem a marca de US$ 1 bilhão em valor de mercado. Arlan Hamilton, que começou um fundo para diferentes grupos minoritários, investe pequenas quantias em muitos empreendimentos. Melinda Gates tem investido em fundos “não tradicionais”, que incluem outras empresas além das lideradas por homens brancos.

LEIA TAMBÉM: Pão de Açúcar compra startup de entregas James Delivery

Diante deste cenário, vale a pena perguntar por que a maioria dos empreendedores que ganham bilhões de dólares são homens e brancos. Seria devido à falta de investimentos em empresas de grupos sub-representados?

Mas esta reportagem não é sobre a questão sexista, e sim sobre algumas características comuns encontradas entre empreendedores bilionários que podem ajudar no desenvolvimento de outros que sejam de categorias demográficas diferentes.

O futuro é promissor. Hoje vemos empreendedoras e algumas minorias que se saíram bem, incluindo Sara Blakely (Spanx), Eren Ozmen (Sierra Nevada), Thai Lee (SHI Internacional), Vijay Goradia (Vinmar) e Kylie Jenner (Kylie Cosmetics). O mundo dos empreendedores de empresas unicórnio daqui a 20 anos pode ser mais igualitário em relação a todos os segmentos da sociedade.

Veja na galeria de fotos abaixo 4 razões por que donos de startups unicórnico são na maioria homens e brancos:

O post 4 razões por que donos de startups unicórnico são na maioria homens e brancos apareceu primeiro em Forbes Brasil.

ver Forbes Brasil
#startup
#empreendedorismo
#homens
#masculino
#representatividade
#minorias
#empreendedor
#comunidades
#negócios