Procurador dos EUA sugere que Apple quer “derrotar agências da lei” com sua privacidade

Photo of Procurador dos EUA sugere que Apple quer “derrotar agências da lei” com sua privacidade
Facebook
VKontakte
share_fav

As rusgas da Apple com as agências da lei nos Estados Unidos não são nada novas: desde que o mundo é mundo, a Maçã defende com unhas e dentes (ao menos publicamente) a privacidade dos seus usuários, enquanto órgãos como o FBI reviram os olhos e dizem que o mundo seria muito mais fácil se Tim Cook e sua turma simplesmente permitissem acesso irrestrito aos aparelhos de todo suspeito em potencial.

Nenhuma declaração, entretanto, soa tão pesada quanto essa recentemente dada pelo Procurador-Geral Adjunto dos EUA (o segundo na hierarquia do Departamento de Justiça americano), Rod Rosenstein. Em entrevista ao repórter da Politico Eric Geller, Rosenstein deu a seguinte declaração:

Rod Rosenstein, Procurador-Geral Adjunto dos EUA

Rod Rosenstein, Procurador-Geral Adjunto dos EUA | Imagem: Graeme Jennings, do Washington Examiner

Nós não podemos aceitar uma cultura em que empresas de tecnologia consideram parte da sua responsabilidade derrotar atividades legítimas de aplicação da lei. Frustrar atividades prejudiciais ou destrutivas que a tecnologia torna possíveis é um imperativo moral.

O procurador não cita a Apple nominalmente, mas está claro que a Maçã — a maior defensora da privacidade do usuário entre as gigantes de tecnologia americanas — é o alvo principal (senão o único) da sua fala. Talvez ele esteja se referindo ao episódio específico no qual a Apple se recusou a criar uma backdoor em seus sistemas para acesso especial do FBI e das agências legais americanas, mas aí já é uma especulação minha.

Seja qual for a validade das opiniões de Rosenstein, o fato é que a Apple não poderia estar mais distante de uma mudança na sua posição. Ao contrário: a empresa está, junto a várias concorrentes, advogando por uma série de regulamentações para os dados dos usuários — além de melhorar a segurança dos seus sistemas a cada atualização. Ou seja… essa briga de gato e rato ainda há de continuar por muito tempo.

via 9to5Mac

ver Mac Magazine
#lei
#off-topic
#ios
#mac
#macos
#privacidade
#fbi
#procurador
#agência
#segurança
#departamento
#rod rosenstein
#apple
#justiça
#eua