Conheça e entenda as diferenças entre Remaster, Remake e Reboot!

Photo of Conheça e entenda as diferenças entre Remaster, Remake e Reboot!
Facebook
VKontakte
share_fav
Esclarecemos as diferenças entre Remaster, Remake e Reboot

Você provavelmente já deve ter se deparado com um jogo que foi nomeado como Remaster (ou remasterização). Mas além deste título, temos outras obras compostas pela alcunha de Remake ou Reboot. Cada categorização em si possui suas particularidades, e nós do Combo Infinito vamos explicar direitinho para que ninguém se sinta confuso em meio a tanta denominação.

O que é um Remaster, ou uma “Remasterização“?

Esse é o título concebido à obras que tenham sido apenas “melhoradas” para uma geração de consoles posterior. Em suma, o remaster é composto por uma revisão do jogo original, incluindo melhorias sonoras e gráficas na obra.

Temos exemplo disso com jogos como Onimusha Warlords que está por vir, ou até mesmo a coletânea de Uncharted, que incluiu os três primeiros jogos remasterizados em uma versão única para PS4.

Basicamente, a remasterização seria a evolução do título, sem que ele seja remodelado diretamente ou tenha sua fórmula original alterada.

E o Remake, o que seria?

Tal como o nome diz, Remake se trata de refazer a obra em si. O melhor exemplo que temos disso atualmente são os jogos da Capcom.

Resident Evil 2 Remake foi assim denominado por se tratar de um jogo totalmente reformulado, incluindo novos detalhes quanto a história, mecânicas diferentes e outras particularidades de um título novo. Temos também Crash Bandicoot e Spyro como bons exemplos do quão benéfico um Remake pode ser.

E por último, o Reboot

O Reboot em si também se trata de uma reformulação. Mas, seu foco consiste em alterar detalhes da história, afim de trazer algo diferente do que foi proposto inicialmente.

Temos como exemplo o game DMC da Ninja Theory, que originalmente seria tratado como um Reboot para a franquia, até que foi descontinuado pelo estúdio. Não somente ele como outras franquias também sofreram com mudanças negativas em termos de Reboot. E inclusive, dentre elas, Prince of Persia também havia sido prejudicado com o game desconexo da geração passada.

O novo God of War, por exemplo, também pode ser considerado um Reboot. Isso se deve ao fato de que a cronologia original não foi alterada, mas sim, continuada de maneira inusitada.

Um reboot pode incluir elementos que o classificam como um Remake, porém, o que os diferencia é a forma como os outros componentes se encaixam na obra. Sendo assim, é possível que um reboot altere mecânicas do jogo em função de se adaptar à nova proposta, contudo, ele dificilmente realizará “mudanças drásticas” na fórmula original.

O post Conheça e entenda as diferenças entre Remaster, Remake e Reboot! apareceu primeiro em Combo Infinito.

ver Combo Infinito
#ps4
#xbox
#xbox one
#plataformas
#playstation
#devil-may-cry
#god-of-war
#uncharted
#crash
#crash-bandicoot
#remake
#ninja-theory
#remaster
#todas
#onimusha
#reboot
#dmc
#resident-evil
#resident-evil-2-remake
#artigos
#ps5
#prince-of-persia
#games
#notícias
#resident-evil-3-remake
#resident-evil-remake
#devil-may-cry-capcom
#onimusha-warlords
#novo-prince-of-persia
#god-of-war-reboot
#crash-remake
#dmc-ninja-theory