Rússia acusa Kosovo de declarar “guerra comercial” aos sérvios

Photo of Rússia acusa Kosovo de declarar “guerra comercial” aos sérvios
Facebook
VKontakte
share_fav

Moscou – A Rússia acusou nesta quinta-feira o Kosovo de declarar uma “guerra comercial” com os sérvios ao aumentar de 10% para 100% a tarifa sobre produtos importados da Sérvia e da Bósnia-Herzegovina, o que poderia agravar a situação nos Bálcãs.

“Praticamente, trata-se do começo, por parte de Pristina, de uma ‘guerra comercial’ no marco de uma política de limpeza étnica, já que a população sérvia da região depende das provisões da zona central da Sérvia”, declarou a Chancelaria russa em comunicado.

A nota denuncia que as autoridades kosovares não escondem que a medida é “uma vingança” pela derrota sofrida quando a Assembleia Geral da Interpol rejeitou sua solicitação de ingresso em tal organização.

“Tal provocação é uma nova prova inequívoca da inconsistência do Estado kosovar. Já são dez os países que anularam a decisão de reconhecer sua independência”, aponta.

A Rússia destacou a “moderada” e “ponderada” reação de Belgrado e seu desejo de diminuir as tensões, enquanto ressaltou a obrigação da União Europeia no papel de mediadora de “influenciar em Pristina e conseguir a imediata anulação dessas medidas ilegais que estão condenadas a provocar um sério agravamento da situação nos Balcãs”.

A alta representante da União Europeia para a Política Externa, Federica Mogherini, lamentou a decisão do Kosovo e pediu que “revogue imediatamente” este encargo.

O Governo de Kosovo aumentou ontem de 10% para 100% a tarifa sobre produtos importados da Sérvia e da Bósnia-Herzegovina com o argumento de que Belgrado “segue com sua campanha agressiva contra o Kosovo no cenário internacional”.

O ministro sérvio de Comércio, Rasim Ljajic, replicou que aumentar as tarifas é uma decisão “eminentemente política”, já que bloqueia o comércio bilateral.

ver EXAME
#sérvia
#tarifas
#bósnia
#rússia
#economia