Trens são liberados próximo ao viaduto que cedeu em São Paulo

Facebook
VKontakte
share_fav

Os trens da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) estão liberados para operar no trecho próximo ao viaduto da Marginal Pinheiros, que cedeu cerca de 2 metros na última quinta-feira (15). Testes feitos hoje (18) com os vagões vazios provaram que as trepidações provocadas pelo deslocamento do trem não apresentam risco à estrutura do viaduto.

Passageiros que dependem desse transporte entre as estações Pinheiros e Ceasa, da Linha 9 – Esmeralda, utilizam ônibus disponibilizados em caráter emergencial desde sexta-feira (16). O secretário municipal de Serviços e Obras, Vitor Levy Castex Aly, disse que as composições terão velocidade reduzida para 20 quilômetros por hora ao passar do lado do viaduto. O trecho vai ganhar sinalização e radar para que os operadores respeitem a restrição.

Escoramento do viaduto da pista expressa da Marginal Pinheiros, próximo à Ponte do Jaguaré, na zona oeste de São Paulo, que cedeu dia 15. - TV Brasil

De acordo com o secretário, foram concluídas as obras de escoramento ao longo de 120 metros do viaduto. “Agora estamos dando andamento à escavação da estaca prova, que vai dizer que profundidade vamos ter de fundação para fazer com que a gente construa o bloco, onde vamos posicionar o macaco para alinhar e aliviar a estrutura”, disse.

João Octaviano Machado Neto, secretário municipal de Mobilidade e Transportes, que acompanhava Vitor Levy, informou que hoje será feita a abertura definitiva do acesso à Rodovia Presidente Castelo Branco na altura do Centro de Detenção Provisória (CDP) em Pinheiros. “Outras obras vão ser feitas nos próximos dias para aumentar a capacidade de interação entre a pista expressa que está fechada e a pista local, para evitar que haja o efeito funil na pista expressa”, explicou.

Desde quinta-feira, os cerca de 20 quilômetros de pista expressa da Marginal Pinheiros estão bloqueados para veículos. Na manhã deste domingo, os paulistanos aproveitaram o dia ensolarado para praticar corrida e pedalar na via interditada. A grande preocupação, no entanto, é com o trânsito no retorno do feriado prolongado, na próxima quarta-feira (20).

Octaviano disse que não há previsão de liberação total da via. Equipes passaram a noite fazendo medições para a desinterdição parcial de alguns trechos, com abertura de canteiros entre as pistas, medidas que melhoram a conexão entre a via expressa e a local. “Isso tudo está sendo estudado para evitar que as pessoas fiquem represadas na pista expressa”, disse.

A partir de quarta-feira (21), prefeitura manterá a liberação do rodízio municipal de veículos na Marginal Pinheiros, até que haja liberação total da pista. A circulação de todos os veículos será liberada no sentido Castelo Branco, entre a Avenida dos Bandeirantes e a Ponte dos Remédios.

ver EBC - Cultura
#geral
#viaduto da marginal pinheiros