OMS: 'Altamente provável' que zika se espalhe na região Ásia-Pacífico

Correio Braziliense - Ciência e Saude

Manila, Filipinas - O vírus zika provavelmente se propagará na Ásia, alertou a Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta segunda-feira, após centenas de casos de infecção pelo vírus terem sido notificados em Cingapura e dois bebês tailandeses terem nascido com microcefalia. O vírus, transmitido principalmente por mosquitos, foi detectado em 70 países ao redor do mundo, incluindo pelo menos 19 países da região Ásia-Pacífico, disse o diretor da OMS para a segurança sanitária e emergências, Li Ailan. Um relatório da OMS divulgado na reunião anual regional da organização, em Manila, disse que é "altamente provável" que o vírus "se espalhe ainda mais na região", que inclui a China, o Japão, a Austrália, a maioria das nações do sudeste asiático e as ilhas do Pacífico. "É altamente provável que a região continue a reportar novos casos e, possivelmente, novos surtos de zika", acrescentou o relatório.

view Correio Braziliense - Ciência e Saude