Juiz manda retirar Facebook do ar por 24 horas por descumprir ordem judicial

Folha Vitória
Após a decisão, caberá a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) encaminhar as operadores ordens para que impeçam o acesso ao Facebook
Foto: Divulgação

Um juiz de Santa Catarina mandou retirar o Facebook do ar por 24 horas por descumprimento de uma decisão judicial. A decisão do juiz eleitoral Renato Roberge, de Joinville (SC), afirma que a rede social não cumpriu a exigência de retirar do ar um perfil falso do candidato à reeleição Udo Döhler (PMDB), que atualmente disputa o segundo turno na cidade.

A ordem judicial aponta que a página contém imagens que "afetam a honra do candidato" e "contraria a legislação eleitoral vigente" que proíbe propagandas de cunho ofensivo em campanhas, além de vedar o anonimato.

O administrador da página foi identificado apenas como Hudo Caduco, e o IP do usuário também foi pedido pela justiça eleitoral.

Após a decisão, caberá a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) encaminhar as operadores ordens para que impeçam o acesso ao Facebook pelo tempo exigido. Ainda não há data para cumprimento da decisão.

Com informações do Portal R7.

view Folha Vitória