Putin diz estar pronto para unir esforço para limitar produção de petróleo

Correio Braziliense - Economia

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, declarou nesta segunda-feira (10/10) apoio aos esforços internacionais para limitar a oferta do petróleo e impulsionar os preços. Putin deu o sinal mais claro até agora de que o governo de Moscou pode participar das movimentações para congelar ou mesmo cortar a oferta no mercado global da commodity.Leia mais notícias em Economia"Nós acreditamos que o congelamento ou mesmo a redução na produção de petróleo é a única maneira de garantir a estabilidade do setor de energia", disse Putin durante uma conferência sobre energia em Istambul, falando por meio de um tradutor. "A Rússia está pronta para se unir aos esforços comuns para limitar a produção do petróleo e pede que outros também estejam", disse o presidente.

view Correio Braziliense - Economia