miscelânea decorativa

поделиться
поделиться
favourite

A mostra de decoração Modernos Eternos aconteceu pela primeira vez em Belo Horizonte. Idealizado pela designer de interiores Maria di Pace e pelo jornalista Sergio Zobaran, o evento já aconteceu três vezes em São Paulo e chegou à capital mineira com 16 escritórios participantes. A premissa sempre é misturar mobiliário e objetos vintage e antigo com os contemporâneos. Veja, abaixo e na galeria de fotos, os ambientes preferidos da Bamboo:

Cioli Cassius Stancioli
O arquiteto e designer de interiores fez uma homenagem para a família Pentagna Guimarães, os antigos moradores da propriedade onde acontece a mostra, com a ambientação da área de circulação. O acervo da família foi incorporado à decoração, incluindo mobiliário, fotografias e um autorretrato de Timóteo Perez Rubio. As paredes azuis exibem o tom Indigo Profundo da Coral. A cortina de tecido xadrez da Donatelli Tecidos faz uma combinação interessante.

Graziela Nicolai
O ambiente dedicado à leitura, estudo e relaxamento traz tons neutros. O espaço tem um toque feminino, como se pode notar nas fotografias de Laura Makabresku. A contemporânea escrivaninha Asa, de Arthur Casas, faz par com a cadeira de jacarandá original dos anos 1960.

Marina Dubal
A arquiteta propõe quebrar o paradigma de que somente bege ou cinza são sofisticados usando muita cor. As paredes verdes se combinam a estofados rosa antigo e tons metalizados, como o cabideiro de Jader Almeida. A cama Sabará é original de Sergio Rodrigues, realizada em jacarandá, mesmo material da estante.

Willemberg Lobato
Contraposição do clássico com o artesanal nesta sala de jantar. A chinoiserie inglesa, de 1810, é ladeada por cadeira escultural do mestre Fernando. Já o tapete, a mesa e as cadeiras trazem o ambiente para a contemporaneidade.

посмотреть на Bamboo