Após arriscar, técnico do Botafogo exalta herói da vitória em Florianópolis

Folha Vitória Esportes

Florianópolis - O herói da vitória do Botafogo por 1 a 0 sobre o Figueirense, no último domingo, no Orlando Scarpelli, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro, poderia nem ter entrado em campo. Foi o que revelou o técnico Jair Ventura após o duelo, explicando que o jogador reclamava de dores na coxa. Mas a insistência do comandante deu certo e rendeu elogios ao meio-campista.

"O que esse cara corre... Não era nem para ele viajar, tinha um incômodo. Ele falou: 'Professor, não dá'. Falei para ele viajar e fazer o teste. Se sentiu bem, foi para o jogo e ainda fez o gol", festejou Jair Ventura.

O treinador botafoguense também comentou a mudança de postura da sua equipe. Após um primeiro tempo truncado e com poucas chances de gol, ele pediu para o Botafogo atacar mais. E embora tenha dado mais espaços ao adversário, acabou conseguindo assegurar a vitória nos minutos finais do duelo com o Figueirense.

"Foi um jogo de poucas oportunidades e truncado. O segundo foi mais aberto, com mais oportunidades. Até o auxiliar falou: 'Jair está muito aberto'. Eu respondi que estava bom, que temos que correr riscos. E acabamos sendo coroados", afirmou.

Com a vitória, o Botafogo ascendeu aos 44 pontos, em sétimo lugar no Brasileirão, a apenas um da zona de classificação para a próxima Libertadores. O time volta a jogar na próxima quarta-feira, quando vai receber o Internacional no Luso-Brasileiro, em duelo válido pela 30ª rodada.

view Folha Vitória Esportes