Chororô & Desrazão, por Antonio Risério

поделиться
поделиться
favourite

A expressão “progressista”, usada para designar de modo genérico forças políticas supostamente “avançadas” (em coordenadas cujo centro seria ocupado por algum socialismo), se cristalizou há tempos em nosso léxico político-partidário.

Mas é muito inadequada. “Progressista” seria o defensor do “progresso” (o que soa esdrúxulo na boca de qualquer ambientalista). Mas não no sentido do desenvolvimento econômico-industrial, que é como o povo a entende. E sim no do avanço político-social, que é como a centro-esquerda e a esquerda a empregam.

посмотреть на Blog do Noblat