Greenfield : companhias fazem acordo para cobrir prejuízo em fundos

Correio Braziliense - Economia

A BEM Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários, empresa do Grupo Bradesco, é a segunda companhia investigada na Operacão Greenfield a ter um acordo com o Ministério Público Federal (MPF) homologado pela Justiça. A instituição financeira se comprometeu a apresentar garantias de R$ 104 milhões para cobrir prejuízos que a Funcef, fundo de pensão dos empregados da Caixa Econômica Federal, e a Petros, dos trabalhadores da Petrobras, tiveram com o Fundo de Investimentos em Participação Enseada.As duas entidades fechadas de previdência complementar aplicaram, em 2008, R$ 34 milhões no FIP Enseada, gerido por empresas do Grupo Bradesco. Os gestores do fundo, por sua vez, fizeram investimentos no processo de restruturação da Gradiente, companhia do setor de eletroeletrônicos e eletrodomésticos que está mergulhada em dívidas.

view Correio Braziliense - Economia