RJ: mulher mantida em cárcere privado por 7 anos era espancada e estuprada na frente dos filhos, diz polícia

RJ: mulher mantida em cárcere privado por 7 anos era espancada e estuprada na frente dos filhos, diz polícia

R7
Fabiano de Jesus, de 41 anos, espancava e estuprava a mulher na frente dos filhos Reprodução / Rede Record

Uma mulher de 25 anos foi mantida em cárcere privado por sete anos pelo marido em São Gonçalo, na região metropolitana do Rio de Janeiro. A vítima era espancada e estuprada, inclusive, na frente dos filhos. Na última sexta-feira (16), Rafaela Lima conseguiu fugir e denunciou o caso. Fabiano de Jesus, de 41 anos, foi preso.

De acordo com Rafaela, o marido não trabalhava para poder vigiá-la e, além das agressões e estupros, mantinha a casa trancada com corrente e cadeado.

— Ele começou a me agredir de forma violenta dizendo que eu estava com homem, ele era muito ciumento. Ele trancava a porta com corrente e cadeado, e a chave andava com ele para cima e para baixo.

A jovem teve três filhos com o suspeito — o mais velho, de seis anos, uma menina de quatro anos e um bebê de seis meses. De acordo com a delegada Carla Tavares, a prática dos abusos ocorria também na frente dos filhos do casal.

— Então, você vê a violência que chega o ser o humano. Praticar um ato sexual contra a vontade da esposa e na presença dos filhos.

Na sexta-feira, Rafaela conseguiu escapar por uma janela e foi à polícia denunciar as violências que sofria. Fabiano foi preso e indiciado por estupro, cárcere privado e lesão corporal.

Assista à reportagem:

view R7