Cadela amedrontada conhece a compaixão e tem nova chance de felicidade

R7 - Mulher

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais[caption id="attachment_618605" align="aligncenter" width="620"] Reprodução/YouTube[/caption]Um pouquinho de compaixão e amor fazem toda a diferença. Em alguns casos, podem mudar uma situação completamente. A pequena Edie, uma cadela da raça maltês, foi parar em um abrigo contra sua vontade. Ela estava nervosa e anti-social, logo, ninguém queria adotá-la. Felizmente, pouco antes dela ser sentenciada à morte induzida, a organização de resgate Hope For Paws salvou o dia.A Hope for Paws é uma entidade que ajuda os animais em Los Angeles, EUA. Quando Edie chegou ao veterinário para ser avaliada, ela estava apavorada. Foi preciso quebrar toda a sua gaiola de proteção para que conseguissem pegá-la. Ela se encolhia e ficava agressiva por conta do medo. Porém, no momento em que uma das pessoas do grupo de resgate consegui pegá-la no colo, sua atitude mudou rapidamente. O contato físico e o abraço a acalmaram no mesmo instante.Depois disso, ela relaxou completamente. Tomou banho, foi tosada e brincou com a equipe do hospital veterinário. Podemos presumir que, após isso, Edie poderá viver em uma casa confortável e amorosa. Ela certamente merece.Alguns cães têm problemas para serem adotados em abrigos simplesmente porque têm medo do ambiente caótico. Oferecer um pouco de amor e tirá-los dessa situação pode mudar suas personalidades completamente. Um cão amedrontado requer um pouco mais de paciência, e, talvez, ajuda profissional. Entretanto, eles são tão capazes de amar quanto qualquer outro animal.

view R7 - Mulher