Lava Jato faz bancos suíços aumentarem fiscalização sobre correntistas brasileiros

Lava Jato faz bancos suíços aumentarem fiscalização sobre correntistas brasileiros

Bahia Notícias

Os bancos suíços aumentaram o controle sob contas de brasileiros por conta dos escândalos de corrupção revelados pela Operação Lava Jato. Segundo informações do Estadão, algumas instituições financeiras chegam a recusar transferências de políticos ou funcionários públicos. As investigações da Lava Jato já provocaram o bloqueio de mais de mil contas com US$ 800 milhões em 42 bancos suíços. "O escrutínio passou a ser muito maior hoje, com certeza", afirmou Patrick Odier, presidente da Associação de Bancos da Suíça. Os bancos do país europeu inclusive acompanham o noticiário brasileiro para perceber um possível envolvimento de seus correntistas em casos de corrupção. Eles buscam se desvincular da imagem que a Suíça é um paraíso para dinheiro sujo. "Se tivermos suspeitas de corrupção, temos agora a obrigação de informar. Isso está funcionando e é graças a isso que existe a cooperação entre brasileiros e o Ministério Público na Suíça", explica Claude-Alain Mangelisch, CEO da Associação de Bancos.

view Bahia Notícias