Muda perfil das doações de campanha

Zero Hora

A mudança na legislação eleitoral, com a proibição de empresas fazerem doações para candidatos, acabou com uma prática conhecida como ¿não colocar todos os ovos na mesma cesta¿. Em Porto Alegre, a análise da lista de doadores dos principais candidatos mostra que o perfil mudou. No passado, empresas como o Grupo Gerdau e a Braskem (Odebrecht) contribuíam com os principais candidatos. Como agora só a pessoa física pode contribuir, as doações são feitas por afinidade.

A duas semanas da eleição, a prestação parcial de contas confirma que os empresários escolheram Nelson Marchezan Jr. (PSDB) como seu candidato. O tucano declarou ter arrecadado até agora R$ 1,22 milhão, o dobro do segundo colocado, o petista Raul Pont (PT). Do PSDB, Marchezan só recebeuR$ 50 mil. O maior contribuinte é Luiz Fernando Estima (Taurus), com R$ 120 mil. Os três seguintes, membros da família Johannpeter, doaram juntos R$ 250 mil.

Na lista de doadores de Pont, o PT aparece em primeiro lugar, com R$ 250 mil. Depois, vêm militantes históricos e candidatos a vereador. O segundo maior colaborador é o ex-secretário do Tesouro Nacional Arno Augustin, com R$ 25 mil. O terceiro, comR$ 15 mil, o advogado Adroaldo Mesquita.

Sebastião Melo (PMDB) tem o diretório estadual do partido como principal financiador da campanha (R$ 250 mil) e doações pulverizadas de secretários, deputados, assessores da prefeitura.O segundo, Álvaro Alves Sobrinho, doou R$ 20 mil e o empresário Luis Roberto Ponte, um dos principais líderes do PMDB, R$ 5 mil. A maioria das doações fica entre R$ 1 mil e R$ 2 mil.

A campanha de Luciana Genro está sendo financiada basicamente pelo PSOL, que repassou R$ 301,5 mil. Entre as pessoas físicas estão tios e tias, mas nenhum centavo do pai, o ex-governador Tarso Genro (PT), eleitor declarado de Raul Pont.

Maurício Dziedricki também tem no partido, o PTB, a principal fonte de financiamento de sua campanha. Dos R$ 273 mil declarados, R$ 190 mil vieram do partido.

Além do PSL, que lhe repassou R$ 178 mil, Fábio Ostermann tem apenas um doador, que contribuiu com R$ 800.

view Zero Hora