Sem adversária, Gilson Daniel exalta conquistas e faz novas promessas para Viana

Folha Vitória - Política
O prefeito Gilson Daniel pediu à população para continuar mais quatro anos na prefeitura
O prefeito Gilson Daniel pediu à população para continuar mais quatro anos na prefeitura
Foto: Reprodução

O prefeito de Viana e candidato à reeleição, Gilson Daniel (PV), foi sabatinado pelo jornal online Folha Vitória na noite desta terça-feira (19). A candidata Nina (PDT), que além de Gilson era a única que também tinha representatividade no Congresso para participar do debate, cancelou o compromisso de última hora, alegando que o formato não era interessante.

Sem a oponente, Gilson Daniel respondeu as perguntas dos internautas, dos eleitores de Viana e dos jornalistas de forma propositiva. Logo no início, fez um balanço do seu governo e disse que trabalhou bastante, realizando muitas obras na cidade e a integrando, de fato, à Região Metropolitana. O candidato do PV disse que precisa de mais quatro anos para fazer Viana avançar ainda mais.

Sobre a folha de pagamento, que quase atingiu o limite estipulado pela Lei de Responsabilidade Fiscal, o prefeito afirmou que já está com edital pronto para realizar concurso público no município e que mesmo com a crise conseguiu reduzir o volume dos gastos com pessoal."Fizemos reduções dos cargos por causa da crise financeira", afirmou.

Veja como foi a sabatina em tempo real

Em Saúde, Gilson Daniel prometeu fazer farmácias centrais e disse ter reformado todas as unidades de saúde. Também prometeu a entrega da Policlínica e citou a inauguração do PA do Arlindo Vilaschi, que já estava, segundo ele, há dez anos em obras.

Questionado por um eleitor sobre ampliação da rede de ensino, Gilson Daniel afirmou que aumentou em mais de duas mil vagas o ensino infantil na cidade e que está construindo novas creches. "Todos os alunos de Viana estão na escola", cravou o verde. Em saneamento, atribuiu a responsabilidade à Cesan, mas disse que ainda assim a prefeitura comprou um caminhão para auxiliar as residências que possuem foças e relatou a captação de R$ 14 milhões junto ao governo federal para estruturar a área.

Em Segurança Pública, Gilson Daniel disse que Viana avançou muito. "Quando assumimos o governo não tinha câmeras de segurança", afirmou. O prefeito citou o lançamento do aplicativo Sentinela, que recebe os mais diversos tipos de denúncias por meio da central de segurança e também lembrou que a cidade ficou, durante sete meses consecutivos, sem registrar homicídios. Nessa área, Gilson prometeu criar a guarda municipal na cidade.

Já no que diz respeito à crise hídrica, o candidato do Partido Verde apontou a criação do projeto reflorestar, por meio do qual 100 mil mudas de árvores estão sendo preparadas para plantio. Disse também que sua gestão tem revitalizado nascentes e matas ciliares, com o uso da mão de obra de estudantes e presidiários.

Ao final do debate, Gilson Daniel agradeceu a oportunidade dada pela Rede Vitória. "[O debate] é de uma importância muito grande. A gente debateu diversas áreas como segurança, saúde, educação. Infelizmente a nossa adversária fugiu ao debate, mas nós tivemos a oportunidade de discutir e debater com a cidade, apresentando as nossas propostas", afirmou.

"A Rede Vitória está de parabéns, o povo de Viana agradece por dar a oportunidade por a cidade estar realmente integrada à Região Metropolitana. A população de Viana está feliz por ouvir o seu prefeito e ouvir o debate e as propostas. Agradecemos muito a Rede vitória", finalizou.

view Folha Vitória - Política