França investiga corrupção em escolha de sedes das Olimpíadas

Facebook
ВКонтакте
share_fav

Categoria:

Esportes
Comitê Olímpico Internacional afirma que não há evidências de compras de votos na escolha do Rio de Janeiro e de Tóquio para sediar os Jogos Olímpicos
Jornal GGN - Na França, a justiça investiga supostos casos de corrupção envolvendo a escolha do Rio de Janeiro e de Tóquio para sediar os Jogos Olímpicos. De acordo com o jornal britânico The Guardian, a investigação começou a partir da apuração contra a ex-presidente da Federação Internacional de Atletismo (Iaaf), que teria recebido propina para encobrir um esquema de doping de atletas russos.
Através de nota oficial, o Comitê Olímpico Internacional afirmou que não há nenhuma evidência para apoiar a investigação sobre suposta compra de votos nas escolhas das cidades-sedes. Mario Andrada, diretor de Comunicação do Comitê Rio 2016 afirmou que a escolha do Rio como sede foi justa, e que a diferença de votos no final, de 66 a 32 (contra a cidade espanhola de Madri), "exclui qualquer possibilidade de uma eleição que pudesse estar viciada".
Enviado por Nickname
Do Terra
Inquérito também envolve a cidade de Tóquio
A justiça francesa está investigando supostos episódios de corrupção nas escolhas de Rio de Janeiro e Tóquio para sediar as Olimpíadas de 2016 e 2020, respectivamente.
Segundo o jornal britânico "The Guardian", o inquérito nasceu a partir da apuração contra a Federação Internacional de Atletismo (Iaaf, na sigla em inglês), cujo ex-presidente Lamine Diack teria recebido propinas para encobrir um suposto esquema de doping na Rússia.

leia mais

посмотреть на Blog do Luis Nassif