Moody's reduz perspectiva da China para "negativa" citando enfraquecimento fiscal

R7

(Reuters) - A agência de classificação de risco Moody's Investors Service reduziu sua perspectiva para a China para "negativa", de "estável", citando a fraca situação fiscal do governo e as incertezas sobre a capacidade das autoridades de implementar reformas.

"Sem reformas confiáveis e eficientes, o crescimento do PIB da China vai desacelerar de forma acentuada uma vez que o alto peso da dívida afeta o investimento empresarial e a demografia se torna cada vez mais desfavorável. A dívida do governo vai aumentar com mais força do que atualmente esperamos", disse a Moody's em nota na terça-feira.

A agência, entretanto, confirmou a classificação "Aa3" do país, citando as proteções cambiais e fiscais consideráveis da China.

(Reportagem de Rishika Sadam in Bengaluru)

view R7