Espírito livre e lúdico no quarto de bebê

Espírito livre e lúdico no quarto de bebê

Casa Vogue
Quarto de bebê (Foto: Sidney Doll/Divulgação)

Nada da monotonia de azul ou rosa, cores já esperadas para quartos de bebê. A paleta de cores pensada pela arquiteta Ana Yoshida para a pequena Cecília é livre, guiada pelo tom terroso do tapete e pela alegria em tons de azul, amarelo e laranja. Dessa forma, o tema safári colorido surpreende nesta casa localizada na Granja Viana, em São Paulo.

CONFIRA: Quarto de bebê feito para durar

Quarto de bebê (Foto: Sidney Doll/Divulgação)

Antes que a bebê Cecília viesse ao mundo, seu quarto era destinado a hóspedes, com décor neutro. Havia pressa para atualizá-lo e seus pais não queriam encarar o quebra-quebra de uma reforma convencional. Assim, a arquiteta planejou uma atualização simples, que escondesse, por exemplo, o piso de cerâmica com um enorme tapete estampado, da By Kamy, ou repaginasse as portas do armário antigo, com tinta cinza. Da parede, o adesivo de mapa-múndi deu o ponto de partida para a escolha de cores. “A ideia é brincar com o lado criativo do dono do quarto, o bebê”, explica Ana.

E MAIS: Dicas para fazer bonito no chá de bebê

Quarto de bebê (Foto: Sidney Doll/Divulgação)

Com cômoda de MDF desenhada pelo escritório de Ana Yoshida e produzida pela Marcenaria Madeirart, berço Crescer com pintura laqueada, da Sleeper, poltrona Tok & Stok, criado-mudo e luminária da Ameise Design, a mobília foi pensada para se adaptar ao crescimento da pequena. No décor, quadrinhos da galeria Urban Arts, adesivo de parede da Coisas da Doris, e um belo pufe que é um urso dormindo, da Estar Móveis, dão doses lúdicas ao conjunto.

VEJA AINDA: 17 ideias de décor para quarto de bebê

Quarto de bebê (Foto: Sidney Doll/Divulgação)

A inspiração para o projeto veio do espírito aventureiro dos pais, que amam viajar o mundo, e queriam fugir do estilo romântico e tradicional dos quartos de bebê.

LEIA TAMBÉM: 22 ideias para quartos de outras galáxias

Quarto de bebê (Foto: Sidney Doll/Divulgação)

“Para um quarto de bebê, é muito importante ter cores que mantenham o ambiente equilibrado. Tons mais fortes podem aparecer de forma mais pontual, como nos móveis e objetos, criando algo visual que o pequeno possa explorar”, explica.

CONFIRA: Quarto de bebê dá volta ao mundo

Quarto de bebê (Foto: Sidney Doll/Divulgação)

Quarto de bebê (Foto: Sidney Doll/Divulgação)

Quarto de bebê (Foto: Sidney Doll/Divulgação)


view Casa Vogue