Saio do Ministério da Justiça por desgaste político e pessoal, diz Cardozo

Folha - Poder

Após cinco anos e dois meses no comando do Ministério da Justiça, José Eduardo Cardozo afirma que deixou o cargo por "desgaste pessoal e político" e admite que setores de seu partido, o PT, pediram que ele atuasse de forma diferente diante da Polícia Federal, para "melhorar a atuação" da corporação. Leia mais (03/02/2016 - 02h00)

view Folha - Poder