Apesar de protestos, Bauza promete manter Rogério na armação

Apesar de protestos, Bauza promete manter Rogério na armação

Gazeta Esportiva
(Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

“Se Rogério e Ganso continuarem fazendo gols, que reclamem”, afirmou Edgardo Bauza (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

Escalado pelo técnico Edgardo Bauza como armador do São Paulo na vitória por 2 a 0 sobre o Mogi Mirim, nessa terça-feira, no Pacaembu, o atacante Rogério deixou o estádio pedindo para voltar à sua posição de origem. Apesar de ter feito o primeiro gol do time, o jogador confessou à imprensa que se sente “perdido” ao atuar no meio-campo. O Patón, no entanto, não parece ter ter escutado os protestos do atleta.

Ao conceder entrevista coletiva, o treinador argentino disse que não foi convencido pelas atuações de Rogério no setor ofensivo do Tricolor. “Creio que [a armação] é a melhor posição em que o Rogério pode jogar”, disse Bauza. “Tem um bom chute de fora da área e pode ajudar fazendo os gols. É uma posição que ele não desconhece, porque é atacante e corre por aquele lado. Está aprendendo a jogar dessa forma. E a equipe tem procurado ajudá-lo”.

As reclamações de Rogério também foram compartilhadas por Ganso, que iniciou a partida no banco de reservas para não ser exposto ao desgaste físico. De acordo com o camisa 10, o atacante “nem gosta de fazer essa função”, mas tem aproveitado as oportunidades que recebe para seguir no time. “Se Rogério e Ganso continuarem fazendo gols, que reclamem”, disse o Bauza, ao ser indagado sobre as declarações.

Com relação a Ganso, o técnico argentino disse ter ficado contente com o gol anotado por ele nos minutos finais do segundo tempo, mas tratou de minimizar as cobranças para que o meia balance as redes mais vezes. “Temos falado com ele, mas o gol passa por uma ambição pessoal. Ele se sente tão recompensado ao fazer um gol quanto ao dar um passe para o companheiro. Ele se sente retribuído com isso. Não será um goleador, mas toda a partida tem a possibilidade de marcar porque sua riqueza técnica permite”, afirmou.

Segundo o treinador, o principal trabalho a ser feito com Ganso passa pelo lado emocional. “Tratarei de fazer com que ele siga motivado e que esteja com a cabeça boa, o que é importante para equipe”, afirmou Bauza, que cancelou o treino dessa quarta-feira para conceder uma folga aos atletas. A expectativa é de que o camisa 10 volte a figurar entre os titulares já nas atividades de quinta, visando à partida contra o São Bernardo, no próximo sábado.

O post Apesar de protestos, Bauza promete manter Rogério na armação apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

view Gazeta Esportiva