Com 1,7 mil ingressos, Rosario vê risco de confusão em São Paulo

Com 1,7 mil ingressos, Rosario vê risco de confusão em São Paulo

Gazeta Esportiva

O Estádio Palestra Itália estará lotado para o jogo entre Palmeiras e Rosario Central (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

O Club Atlético Rosario Central estima que mais de 2 mil torcedores viajem para acompanhar o confronto com o Palmeiras, previsto para a noite de quinta-feira, no Palestra Itália, pela Copa Libertadores. Com apenas 1,7 mil entradas disponibilizadas pelo clube brasileiro para o duelo em São Paulo, os argentinos estão receosos.

“Estamos muito preocupados, porque o Palmeiras nos dá 1,7 mil ingressos, mas nossos torcedores podem ser mais de 2 mil e não houve maneira de conseguir ampliar a quantidade, porque o clube terceiriza a venda de bilhetes”, disse Eduardo Bossio, dirigente do Rosario, à agência Telám.

O time argentino desejava comercializar as entradas com antecedência em suas próprias sedes, mas o Palmeiras não concordou, mantendo as vendas restritas ao dia da partida, no próprio estádio. Por meio do site oficial, o Rosario Central relatou as tentativas infrutíferas de solucionar o problema.

“Foram realizadas incontáveis ações, na Conmebol, com os dirigentes do Palmeiras, com o consulado argentino em São Paulo, com o consulado brasileiro em Rosario, e a resposta foi negativa diante da solicitação de nossos dirigentes de aumentar a quantidade de entradas”, diz a nota.

Nesta terça-feira, já em São Paulo, um dirigente do Rosario Central participou da última reunião para tratar do assunto, sem sucesso. O estádio Palestra Itália estará lotado às 21h45 (de Brasília) de quinta-feira, uma vez que o Palmeiras já vendeu um total de 32 mil entradas de maneira antecipada.

O post Com 1,7 mil ingressos, Rosario vê risco de confusão em São Paulo apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

view Gazeta Esportiva