Saiba como controlar as finanças para sair do vermelho em 2016

поделиться
поделиться
favourite

As finanças fazem parte da vida diária das pessoas, mas no fim do ano elas ganham destaque pela quantidade de gastos extras com festas, feriados e os tradicionais impostos que batem a porta do brasileiro nessa época, como IPVA e IPTU.

Com o aumento da inflação e do valor de serviços essenciais, como luz e água, e o salário não acompanhando a subida dos preços, o brasileiro passou a não ter alternativas e a fazer do sistema de pagamento a prazo a única opção para manter o padrão de vida. O resultado é que, até setembro de 2015, 46% do orçamento das famílias brasileiras estavam comprometidos com dívidas, de acordo com informações do Banco Central.

Porém, Reinaldo Domingos, presidente da Abefin (Associação Brasileira de Educadores Financeiros), explica que ter dívidas não é ser inadimplente, mas, apesar de configurarem tipos diferentes de situação financeira, ambas merecem atenção.

— Os dois casos exigem que a pessoa mude hábitos e comportamentos financeiros e passe a ter o padrão de vida condizente com seus ganhos. Temos 50 milhões de pessoas no País vivendo no vermelho ou em processo de negativação. É necessário se reiventar e ter a vida que pode.

Quem já chegou na inadimplência e acredita que está hora de renegociar as dívidas pode procurar o Serasa. No site é possível se cadastrar e tentar uma tratativa de acerto de contas com empresas cadastradas por diversos meios de comunicação. O acesso às informações é gratuito, mas quem quiser consultar o CPF online tem que pagar R$ 19,90. Já os postos do órgão fazem a consulta sem custo.

Quem não quiser pagar a taxa pode fazer a consulta pelo site Boa Vista SCPC. Por meio de um cadastro é possível checar os débitos em aberto e o nome da empresa credora.

Postos do Procon-SP (órgão de defesa do consumidor) nas unidades Itaquera, Santo Amaro e Sé do Poupatempo também oferecem meios para renegociar dívidas ativas. Os interessados devem agendar o atendimento nas unidades.

посмотреть на R7