Maternar: Sindicato dos Médicos quer licença de 6 meses para terceirizadas da prefeitura e Estado

Folha de S. Paulo

O Simesp (Sindicato dos Médicos de São Paulo) vai pressionar a Prefeitura de São Paulo e o governo estadual para que as profissionais de saúde terceirizadas também tenham direito à licença-maternidade de seis meses. Hoje, somente as funcionárias da administração ... Leia post completo no blog Leia mais (08/10/2015 - 12h11)

view Folha de S. Paulo